Economia Ministro de Minas e Energia indica mudança para segurar o preço dos combustíveis

Ministro de Minas e Energia indica mudança para segurar o preço dos combustíveis

Alexandre Silveira afirma que a pasta vai adotar medidas para proteger os consumidores de oscilações internacionais de preços

Agência Estado - Economia
Alexandre Silveira tomou posse nesta segunda-feira (2)

Alexandre Silveira tomou posse nesta segunda-feira (2)

Jefferson Rudy/Agência Senado

O novo ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira (PSD-MG), disse nesta segunda-feira (2), em seu discurso de posse, que a pasta adotará medidas para proteger os consumidores de oscilações internacionais de preços dos combustíveis.

Sem citar detalhes de que medidas pretende adotar, Silveira afirmou que este foi um pedido do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e que o ministério vai trabalhar em um "desenho" que proteja os investimentos e as empresas, mas agora com foco na população.

"Precisamos implementar um desenho de um mercado que promova a competição, mas que preserve o consumidor da volatilidade de preço dos combustíveis", disse ele. O ministro também defendeu a necessidade de ampliar a capacidade nacional de refino de combustíveis para reduzir a dependência da importação.

Outras duas medidas importantes anunciadas deverão orientar, segundo ele, a sua gestão no ministério: a busca pela redução do preço da conta de luz e a ampliação do acesso à energia em comunidades mais carentes, com a retomada do programa Luz Para Todos.

Silveira também reforçou que vai garantir a "segurança jurídica para os contratos", mas que isso estará atrelado a "lutar com afinco pela redução das tarifas".

Últimas