Economia Ministro espera que Brasil tenha até 12 companhias aéreas

Ministro espera que Brasil tenha até 12 companhias aéreas

Marcelo Alvaro Antonio disse que aprovação de projeto que libera 100% da capital estrangeiro nesse tipo de empresa deve atrair negócios

Companhias aéreas

Governo quer fortalecer setor aéreo brasileiro

Governo quer fortalecer setor aéreo brasileiro

Nacho Doce/Reuters

O ministro do Turismo, Marcelo Alvaro Antonio, afirmou na manhã desta quarta-feira (20) que o número de empresas áreas operando no Brasil pode subir para algo entre 10 e 12, ante as quatro atuais, após aprovação do projeto que abre o capital das companhias aéreas para estrangeiros.

O ministro disse que tem a expectativa que a abertura do capital estrangeiros e a lei geral do turismo sejam votadas nesta quarta no plenário da Câmara, depois de um requerimento para retirada dessas questões da pauta ter sido derrubado.

"Estou monitorando de perto e quero garantir que a abertura para capital estrangeiro e a lei geral do turismo sejam aprovados hoje na Câmara em primeiro turno", disse ele, durante participação em evento em São Paulo.

Além disso, o ministro declarou que o governo tem a meta de aumentar em 40 milhões o número de brasileiro que priorizam destinos domésticos para turismo. Ele disse que hoje há 60 milhões de brasileiros com esse perfil.

"Para isso precisamos derrubar o custo Brasil e a abertura de capital estrangeiro vai ajudar muito nesse processo", disse.