Economia Não é verdade que bancos perdem dinheiro com Pix, diz Campos Neto

Não é verdade que bancos perdem dinheiro com Pix, diz Campos Neto

Durante evento da Febraban, presidente do Banco Central disse que o sistema de transferências instantâneas viabiliza serviços

Reuters
Roberto Campos Neto defendeu a moeda digital do Banco Central

Roberto Campos Neto defendeu a moeda digital do Banco Central

Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

Não é verdade que bancos perdem dinheiro com o Pix, disse nesta quinta-feira (11) o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, contrariando afirmação do presidente Jair Bolsonaro.

Em evento promovido pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos), Campos Neto disse que o sistema de transferências instantâneas leva a abertura de novas contas, viabilização de novos serviços e aumento do volume transacionado, além de uma redução do uso de cédulas e moedas, que aumentam o custo de operação.

Segundo ele, o Banco Central divulgará um estudo sobre esse tema.

No fim de julho, Bolsonaro disse que banqueiros estariam assinando carta em defesa da democracia, vista como uma resposta a ataques do presidente ao processo eleitoral e às instituições, porque teriam perdido dinheiro com a criação do Pix.

"Estão perdendo com o Pix. Juristas não, banqueiros. Banqueiros, isso mesmo? Banqueiro. Perdendo com Pix", disse Bolsonaro na ocasião.

A Carta em Defesa da Democracia foi apresentada publicamente nesta quinta em ato no centro de São Paulo que reuniu acadêmicos, estudantes, empresários, sindicalistas e representantes da sociedade civil. Manifestações em defesa da democracia também foram realizadas em outras capitais do país.

No evento da Febraban, o presidente do BC também defendeu um avanço do sistema de pagamentos instantâneos para permitir que usuários façam transações offline.

Na apresentação, o presidente do BC afirmou ainda que gostaria de ver a moeda digital do Banco Central em funcionamento em 2024. Segundo ele, o real digital será uma forma de fomento de novos negócios e permitirá uma interação entre dinheiro físico e digital.

Últimas