Economia Nascidos em julho recebem última parcela do auxílio nesta quarta

Nascidos em julho recebem última parcela do auxílio nesta quarta

Pagamento terá saque liberado para esse grupo somente em 11 de novembro; no Bolsa Família, recebe quem tem NIS final 8 

  • Economia | Do R7

Valor é depositado em conta digital, que pode ser movimentada por aplicativo

Valor é depositado em conta digital, que pode ser movimentada por aplicativo

ANDRé LUIS FERREIRA/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO-21/10/2021

Os aniversariantes de julho recebem nesta quarta-feira (27) a sétima e última parcela do auxílio emergencial. O valor será depositado na conta digital dos trabalhadores informais que se inscreveram no programa por aplicativo ou pelo CadÚnico. No Bolsa Família, recebem hoje os integrantes com NIS (número de identificação social) final 8.

O saque para os nascidos em julho será liberado somente em 11 de novembro. Até lá, o dinheiro pode ser movimentado por meio de aplicativo para pagamento de contas e compras. O pagamento da última parcela será diário até ser concluído no domingo (31), para quem nasceu em dezembro. Os saques serão liberados entre 1º e 19 de novembro.

Segundo o Ministério da Cidadania, são mais de 25 milhões de contemplados nesse grupo, com investimento de R$ 5,2 bilhões apenas nesta etapa de depósitos.

Para o público do Bolsa Família, a sétima parcela do Auxílio Emergencial começou a ser paga no dia 18 de outubro e segue com o cronograma de transferência até a sexta-feira (29). São 9,32 milhões de trabalhadores contemplados. Para esse grupo, o valor total da folha de pagamentos é de R$ 2,8 bilhões, com benefício médio de R$ 306,62.

O Auxílio Emergencial 2021 é limitado a uma pessoa por família. Mulher chefe de família tem direito a R$ 375, e indivíduo que mora sozinho recebe R$ 150. A cota para os demais é de R$ 250.

Auxílio Brasil

O auxílio emergencial termina neste mês. Segundo o Ministério da Cidadania, a intenção do governo é começar a pagar os novos valores do Auxílio Brasil, programa que substituirá o Bolsa Família, já em novembro.

O governo anunciou um reajuste permanente linear de 20% nos atuais benefícios e aumento do número de famílias beneficiárias, de 14,6 milhões para 16,9 milhões. Além disso, o valor das parcelas será acrescido de um benefício temporário para garantir o pagamento de ao menos R$ 400 até dezembro de 2022.

“Protegemos e amparamos as famílias em vulnerabilidade diante das dificuldades geradas pela pandemia, garantindo uma renda básica a elas. Agora, vamos trabalhar pela emancipação dessas pessoas com uma proposta que é um avanço nos programas de transferência de renda. O Auxílio Brasil integra diversas políticas e oferece estímulo e oportunidades para as pessoas melhorarem de vida”, afirmou o ministro da Cidadania, João Roma, ao destacar o novo programa social do governo federal.

Calendário da última parcela do auxílio

Depósito em conta digital

Nascidos em janeiro: 20/10
Nascidos em fevereiro: 21/10
Nascidos em março: 22/10
Nascidos em abril: 23/10
Nascidos em maio: 23/10
Nascidos em junho: 26/10
Nascidos em julho: 27/10
Nascidos em agosto: 28/10
Nascidos em setembro: 29/10
Nascidos em outubro: 30/10
Nascidos em novembro: 30/10
Nascidos em dezembro: 31/10

Liberação do saque em dinheiro

Nascidos em janeiro: 1º/11
Nascidos em fevereiro: 3/11
Nascidos em março: 4/11
Nascidos em abril: 5/11
Nascidos em maio: 9/11
Nascidos em junho: 10/11
Nascidos em julho: 11/11
Nascidos em agosto: 12/11
Nascidos em setembro: 16/11
Nascidos em outubro: 17/11
Nascidos em novembro: 18/11
Nascidos em dezembro: 19/11

7ª parcela para o Bolsa Família

Final do NIS 1: 18/10
Final do NIS 2: 19/10
Final do NIS 3: 20/10
Final do NIS 4: 21/10
Final do NIS 5: 22/10
Final do NIS 6: 25/10
Final do NIS 7: 26/10
Final do NIS 8: 27/10
Final do NIS 9: 28/10
Final do NIS 0: 29/10

Últimas