Economia Novos bilionários brasileiros se conheceram em rede social

Novos bilionários brasileiros se conheceram em rede social

Pedro Franceschi e Henrique Dubugras são donos da Brex, fintech atualmente avaliada em R$ 57,2 bilhões (US$ 12,3 bilhões)

  • Economia | Do R7

Pedro e Henrique têm fortuna de quase R$ 7 bi cada um

Pedro e Henrique têm fortuna de quase R$ 7 bi cada um

Divulgação/Brex

Os brasileiros Henrique Dubugras e Pedro Franceschi, que entraram neste ano para a lista de bilionários da Forbes, se conheceram em uma conversa no Twitter, em 2012.

Na época, Dubugras e Franceschi viviam em estados diferentes e cursavam o ensino médio. A distância, no entanto, não impediu que eles desenvolvessem a plataforma Pagar.me.

A fintech, destinada a auxiliar pequenos negócios e lojistas virtuais, atraiu a atenção de investidores e foi vendida à concorrente Stone em 2015, dois anos depois de seu lançamento.

Já com conhecimento do mercado de meios de pagamentos, foram aprovados na Universidade de Stanford, na Califórnia. Ambos abandonaram o curso para fundar a Brex, em 2017, atualmente avaliada em R$ 57,2 bilhões (US$ 12,3 bilhões).

O sucesso da empresa que disponibiliza cartões de crédito corporativos para startups foi determinante para alçar Dubugras e Franceschi ao posto de bilionários, com uma fortuna estimada em R$ 6,975 bilhões (US$ 1,5 bilhão) cada um, e dividir a posição de 1.929 no ranking de super-ricos.

Saiba quem são os 10 mais ricos do mundo

Últimas