Economia País registra em junho superávit de US$ 10,3 bi, o maior do ano

País registra em junho superávit de US$ 10,3 bi, o maior do ano

Exportações e importações tiveram um aumento de 61% sobre os fluxos registrados em junho do ano passado

Reuters
Vista de contêineres no porto de Santos (SP)

Vista de contêineres no porto de Santos (SP)

REUTERS/Fernando Donasci

A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 10,3 bilhões em junho, maior saldo mensal do ano, informou o Ministério da Economia nesta quinta-feira (1º).

O resultado veio em linha com o superávit de US$ 10,7 bilhões estimado em pesquisa da Reuters com economistas.

No mês as exportações somaram US$ 28,1 bilhões, enquanto as importações foram de US$ 17,7 bilhões - nos dois casos, um aumento de 61% sobre os fluxos registrados em junho do ano passado, quando a balança foi superavitária em US$ 6,5 bilhões.

No semestre, o país registra um superávit comercial de US$ 37,4 bilhões, ante saldo positivo de US$ 22,2 bilhões em igual período em 2020. No período, as exportações cresceram 35,8% na comparação pela média diária, enquanto as importações aumentaram 26,6%.

Últimas