Economia Por contaminação, empresa convoca recall de mais de 300 mil caixas de leite

Por contaminação, empresa convoca recall de mais de 300 mil caixas de leite

No alvo estão os leites Líder e Parmalat; confira os lotes dos produtos para se prevenir

Getty Images

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacom), do Ministério da Justiça, informou que a LBR Lácteos Brasil e a Líder Alimentos do Brasil S/A protocolaram campanha de chamamento (recall) para substituição ou ressarcimento dos leites Parmalat UHT Integral e Líder UHT Integral fabricados entre 13 de fevereiro e 14 de fevereiro. A nota da Senacom foi publicada na quinta-feira (17) à noite no site do Ministério da Justiça.

São mais de 300 mil caixas de leite no alvo, das marcas Líder e Parmalat.

Conforme o comunicado, são 101.200 caixas de leite Parmalat, com numeração de lote não sequencial compreendida entre os intervalos L11D00S1 a L11F23S1.

Também serão recolhidas 199.800 caixas de leite Líder colocadas no mercado com numeração de lote compreendida entre os intervalos A LOB 11, B LOB 9, C LOB 17, D LOB 04, A LOB 12, B LOB 19, C LOB 18 e D LOB 14.

"Quanto aos riscos à saúde e à segurança, foi constatada não conformidade no produto em razão da presença de traços de formaldeído, o que poderá gerar riscos à saúde e à segurança dos consumidores", diz a nota da Senacom.

O comunicado ainda informa os contatos da empresa para qualquer dúvida: telefone 0800 011 2222, de segunda a sexta-feira, das 08h às 18h, ou pelo e-mail sac@lbr-lacteosbrasil.com.br. Detalhes sobre a Campanha de Chamamento também estão disponíveis no site do Ministério da Justiça.

O imbróglio começou em março passado, após ação do Ministério Público do Rio Grande do Sul prender um produtor de leite em Condor, acusado de adulterar o produto.

Especialistas afirmam que quem ingerir leite ou qualquer outro alimento contaminado com formol pode ter desconforto abdominal e alergias. Caso a substância seja consumida em grandes quantidades, ela pode ser fatal.

Os consumidores que já passaram por algum acidente causado pelo defeito apontado poderão solicitar, por meio do Judiciário, reparação por danos morais e patrimoniais, eventualmente sofridos. Caso o consumidor encontre dificuldade em efetuar a devolução, poderá procurar a Fundação Procon-SP nos canais de atendimento.

Leia mais sobre Economia e ajuste suas contas

Seja bombardead@ de boas notícias. R7 Torpedos

Moda, esportes, política, TV: as notícias mais quentes do dia