Economia Preço médio da gasolina e do diesel se mantém estável nos postos, diz ANP

Preço médio da gasolina e do diesel se mantém estável nos postos, diz ANP

Segundo levantamento, valor médio do litro da gasolina teve leve queda de 0,7%, e o do diesel, 1,3%

  • Economia | Do R7

O valor da gasolina teve leve recuo de 0,7%, de R$ 7,267 para R$ 7,210

O valor da gasolina teve leve recuo de 0,7%, de R$ 7,267 para R$ 7,210

Edu Garcia/R7 - 24.3.2022

Na segunda semana após o reajuste da Petrobras, o preço médio do litro da gasolina e do diesel nos postos de combustíveis no país se manteve estável, de acordo com o levantamento da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis). O valor da gasolina teve leve recuo de 0,7%, de R$ 7,267 para R$ 7,210. Já o preço médio do diesel caiu 1,3%, de R$ 6,654 para R$ 6,564.

No levantamento entre os dias 20 e 25 de março, o etanol e o gás de cozinha registraram aumento. O etanol passou de R$ 4,938 para R$ 4,952 (0,2%), e o gás de cozinha, de R$ 112,54 para R$ 113,24, (0,6%). 

No dia 11 de março, começou a vigorar o aumento do preço da gasolina e do diesel autorizado pela Petrobras nas suas refinarias. Foi o segundo reajuste do ano, desde 12 de janeiro. O litro da gasolina passou de R$ 3,25 para R$ 3,86, alta de 18%, e o do diesel, de R$ 3,61 para R$ 4,51 (25%).

Desde o início da crise provocada pela pandemia, o preço médio da gasolina nos postos de combustíveis já variou 45%. O valor médio cobrado por litro era de R$ 4,550 em fevereiro de 2020. Já no mesmo mês deste ano o preço chegou a R$ 6,600, segundo dados da ANP.

Com a nova escalada da inflação neste ano, o governo busca uma solução. Em reunião na última terça-feira (22), o Fórum dos Governadores decidiu autorizar a prorrogação por mais 90 dias do congelamento do PMPF (Preço Médio Ponderado ao Consumidor Final) do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre a gasolina, o etanol e o gás de cozinha sobre o valor fixo por litro, e não pelo preço do produto.

Os secretários de Fazenda aprovaram, por unanimidade, nesta quinta-feira (24), a criação de uma alíquota única de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre o preço do óleo diesel nos estados.

De acordo com o grupo de secretários de Fazenda, a arrecadação da média sugerida pela Lei Complementar e a do Convênio ICMS serão rigorosamente a mesma, de R$ 1,006 em cada litro do óleo diesel S10 (o de uso mais difundido).

Últimas