Economia Preços na porta de fábrica saltam 3,36% em janeiro, diz IBGE

Preços na porta de fábrica saltam 3,36% em janeiro, diz IBGE

Índice de Preços ao Produtor registrou alta em todas as 24 atividades produtivas em relação a dezembro

IPP apura preços sem impostos e fretes

IPP apura preços sem impostos e fretes

Pixabay

Os preços da indústria subiram 3,36% em janeiro de 2021, na comparação com dezembro de 2020, com alta nos preços de todas as 24 atividades produtivas.

Os dados do IPP (Índice de Preços ao Produtor) das Indústrias Extrativas e de Transformação mede a evolução dos preços de produtos “na porta de fábrica”, sem impostos e fretes, foram divulgados nesta terça-feira (2), pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

De acordo com o indicador, a alta de janeiro foi guiada, principalmente pelos preços das indústrias extrativas (+10,7%), metalurgia (+6,1%), refino de petróleo e produtos de álcool (+5,3%) e calçados e produtos de couro (+5,19%). Ao comparar janeiro de 2021 com janeiro de 2020 a variação de preços ocorrida foi de 22,96%, contra 19,38% em dezembro.

Últimas