Presidente do BC faz defesa da autonomia da instituição

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse nesta quarta-feira, 2, que todas as iniciativas legislativas da autoridade monetária continuam em andamento, e devem ser retomadas pelo Congresso após a fase mais grave da pandemia de covid-19. "Esperamos que a independência do Banco Central seja aprovada pelo Congresso ainda neste ano", acrescentou, em participação no evento virtual "Emerging & Frontier Forum 2020", organizado pela Bloomberg.

Campos Neto também citou agenda BC# e lançamento dos pagamentos instantâneos em novembro.

Ele destacou ainda o projeto de mudanças no mercado de câmbio.