Economia Produção industrial cresce em 8 dos 15 locais pesquisados pelo IBGE

Produção industrial cresce em 8 dos 15 locais pesquisados pelo IBGE

PIM (Pesquisa Industrial Mensal) Regional mostra que país está cada vez mais próximo de ritmo verificado antes da crise sanitária

  • Economia | Do R7

Indústria do Paraná teve a sexta alta consecutiva

Indústria do Paraná teve a sexta alta consecutiva

REUTERS/Timothy Aeppel

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou nesta quarta-feira (9) dados que mostram que a indústria brasileira vai aos poucos voltando ao ritmo de antes da pandemia do novo coronavírus.

Produtividade na indústria bate recorde e se recupera da pandemia

Oito dos 15 locais pesquisados tiveram aumento na produção industrial, de setembro para outubro, na série com ajuste sazonal.

Quatro dessas altas, segundo o IBGE, foram acima da média nacional (1,1%) e a maior delas foi no Paraná (3,4%). Pernambuco (2,9%), Santa Catarina (2,8%) e Região Nordeste (1,7%) também superaram o restante do Brasil.

O Paraná (3,4%), além de ter a maior evolução, marca a sexta taxa positiva consecutiva, com aumento de 51,5% na produção industrial nesses seis meses.

As outras quatro altas foram Mato Grosso (1,1%), Ceará (0,5%), São Paulo (0,5%) e Minas Gerais (0,4%).

O Rio de Janeiro, com -3,9%, teve a maior queda no índice, seguido por Goiás (-3,2%), Espírito Santo (-1,8%), Pará (-1,8%), Amazonas (-1,1%) e Bahia (-0,1%).

O mesmo índice constatou em setembro que a produção industrial teve alta naquele mês em 11 dos 15 locais analisados na passagem de agosto para setembro. Nove estados — Amazonas, Ceará, Minas Gerais, Goiás, São Paulo, Pará, Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul — já haviam recuperado o patamar de produção industrial pré-pandemia.

Últimas