Economia Restaurantes comemoram acordo que barra contratos exclusivos do iFood

Restaurantes comemoram acordo que barra contratos exclusivos do iFood

Abrasel afirma que determinação do Cade traz mais concorrência ao mercado de delivery de alimentos

  • Economia | Do R7

Abrasel avalia que ambiente atual de negócios de delivery é 'injusto' com o setor

Abrasel avalia que ambiente atual de negócios de delivery é 'injusto' com o setor

Edu Garcia/R7 - 22.02.2022

A Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes) comemorou nesta quinta-feira (9) o TCC (Termo de Compromisso de Cessação) firmado entre o iFood e o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) que impede o aplicativo de firmar acordos de exclusividade com grandes redes.

O julgamento no tribunal do órgão que controla a livre concorrência no Brasil ocorreu em função de pedidos de concorrentes do iFood, como Rappi, UberEats e 99Food. O termo também prevê que o aplicativo permita acesso às suas aplicações para integração de terceiros, o que dá impulso ao movimento Open Delivery.

Paulo Solmucci, presidente da Abrasel, avalia que o Cade "foi muito competente" ao enfrentar o desafio de ampliar a concorrência no mercado de entregas de alimentos. "É uma decisão muito bem recebida pela Abrasel, porque cria condições para que empresas concorrentes possam se estabelecer no mercado", elogia.

Ele recorda ainda que algumas empresas do setor desistiram de atuar no Brasil, como o UberEats, em função do ambiente atual de negócios, que ele classifica como "injusto". "Sem dúvida, a decisão do Cade terá impacto positivo não só para o setor de bares e restaurantes, mas também para o consumidor final”, completa Solmucci.

Últimas