Economia Saiba se vale a pena vender dólar neste momento de alta

Saiba se vale a pena vender dólar neste momento de alta

Especialistas falam ao R7 sobre as melhores opções de investimento para quem tem a moeda norte-americana

Vale a pena vender dólar neste momento de alta?

Dólar bate o valor de R$ 3,70 nesta quinta-feira

Dólar bate o valor de R$ 3,70 nesta quinta-feira

Jose Luis Gonzalez/Illustration/Reuters

O dólar continua em alta, a moeda norte-americana é cotada a R$ 3,70 nesta quinta-feira (17) e já passa dos R$ 4 nas casas de câmbio. Um dos motivos apontados por especialistas para esse valor são as taxas de juros elevadas nos Estados Unidos, que atraem investidores para lá, e a instabilidade política no Brasil.

Mas, neste momento, quem tem dólar guardado deve vender? O R7 ouviu especialistas para saber se este é um bom negócio. E a resposta é: sim. Para Bernardo Pascowitch, da Yubb, dificilmente o dólar se manterá tão alto como agora.

"É muito ruim para a economia, principalmente para setores que dependem da importação de insumos ter o dólar a R$ 4, provavelmente o Banco Central deve agir para valorizar o Real." Especialistas do mercado também acreditam que a moeda pode voltar a R$ 3,46 até dezembro. "Vale dizer que temos muitas variáveis, apenas fazemos projeções," diz Pascowitch.

Ao mesmo tempo, é preciso ter cautela. "Interessante para quem não vai viajar e tem essa reserva de dólar vender aos poucos para conseguir uma média. Se a moeda subir ainda mais na próxima semana, o investidor aproveita a alta, mas se cair, não perde porque já garantiu uma parte com o valor mais alto."

Mathias Fischer, da plataforma Meu Câmbio, observa que é preciso avaliar antes de vender a moeda estrangeira, o valor que foi pago. "Primeiro é preciso verificar se o valor atual está próximo daquele que foi pago, se estiver muito parecido, não vale a pena". 

Quem pretende viajar no próximo ano, na opinião de Fischer, não deve vender a moeda. "É preciso levar em conta o spread de câmbio — a diferença nas taxas de compra e venda da moeda."