Economia Santander é multado em R$ 162 mi ao reter dinheiro de clientes mortos

Santander é multado em R$ 162 mi ao reter dinheiro de clientes mortos

Recursos, que totalizam R$ 906 milhões, deveriam ter sido repassados para mais de 40 mil beneficiários do Reino Unido

Santander

Santander levou multa milionária no Reino Unido

Santander levou multa milionária no Reino Unido

Sergio Moraes/Reuters

O banco Santander foi multado em R$ 162,3 milhões (£ 32,8 milhões) no Reino Unido por "graves falhas" no processamento de contas e investimentos de clientes mortos, informou a FCA (Autoridade de Condutas Financeiras, na tradução simples da sigla) nesta quarta-feira (19).

A multa milionária foi aplicada porque o banco deixou de repassar R$ 905,65 milhões (o equivalente a £ 183 milhões) a 40.428 beneficiários de clientes do banco que morreram.

Segundo a FCA, o Santander não teve o cuidado necessário no controle e organização do processo de inventário e luto e não tratou os clientes de forma justa. 

Houve casos de recursos mantidos pelo banco por muito tempo, impedindo que os beneficiários pudessem usufruir do dinheiro em conta.

Para o diretor executivo de Fiscalização e Supervisão de Mercado da FCA, Mark Steward, ao identificar os problemas no processamento das contas e investimentos, "as falhas levaram muito tempo para serem identificadas e, depois, muito tempo para serem corrigidas".

"Uma vez que esses problemas foram detectados e informados ao conselho e à alta gerência [do Santander], foram consertados apropriadamente. Mas o reconhecimento do problema demorou demais. As empresas devem ser capazes de identificar e responder a problemas mais rapidamente, especialmente quando estão causando danos aos clientes. A FCA continuará atenta às empresas com sistemas e controles deficientes e tomará medidas para impedir tais falhas, a fim de garantir que os clientes estejam devidamente protegidos", completou.

O Santander do Reino Unido não constestou a punição determinada pela FCA e, por isso, evitou uma multa ainda maior (que poderia alcançar cerca de £ 47 milhões, o equivalente a R$ 232 milhões).