Economia Saque do PIS/Pasep para quem tem mais de 57 anos vai até sexta

Saque do PIS/Pasep para quem tem mais de 57 anos vai até sexta

Retirada do benefício será suspenso em julho e, a partir de agosto, trabalhadores de todas as idades poderão realizar o saque

Saque do PIS/Pasep para quem tem mais de 57 anos vai até sexta

Quem esperar até agosto para receber terá valores reajustados

Quem esperar até agosto para receber terá valores reajustados

Agência Freelancer/Folhapress

Se você tem mais de 57 anos e pretende retirar seus recursos do PIS/Pasep, fique atento: os saques estão autorizados até esta sexta-feira (29). Após isso, os pagamentos são interrompidos para que haja o reajuste anual e será necessário esperar até pelo menos agosto para sacar o benefício. 

As cotas são o resultado dos créditos depositados pelo empregador de trabalhadores cadastrados no PIS/Pasep entre 1971 e 1988. Portanto, quem contribuiu após 1988 não tem direito ao saque.

O pagamento das cotas deve injetar R$ 39,5 bilhões na economia, com impacto potencial no PIB (Produto Interno Bruto) de cerca de 0,55%. Cerca de 28,7 milhões de pessoas têm dinheiro em contas inativas do PIS/Pasep para resgatar.

Entre 14 de agosto e 28 de setembro, trabalhadores de todas as idades poderão sacar os recursos. A regra anterior previa que a retirada total do PIS/Pasep só podia ser feita quando o trabalhador completasse 70 anos, se aposentasse, tivesse doença grave, invalidez ou fosse herdeiro de titular da conta.

Os valores ficarão disponíveis para serem sacados no Banco do Brasil (servidores públicos) e na Caixa Econômica Federal (trabalhadores do setor privado).

*Estagiário do R7 sob supervisão de Paulo Lima.