Economia TCU investiga cobrança de bagagem pelas companhias aéreas

TCU investiga cobrança de bagagem pelas companhias aéreas

Tribunal quer saber se tarifa adicional por mala despachada reduziu preço médio das passagens, conforme prometido pelas empresas

Polêmica

Cobrança está em vigor há um ano

Cobrança está em vigor há um ano

Renato S. Cerqueira/Futura Press/Folhapress

O TCU (Tribunal de Contas da União) informou nesta segunda-feira (18) que iniciou uma auditoria de conformidade para verificar se a cobrança em separado da bagagem por parte das companhias aéreas reduziu o preço das passagens.

A cobrança à parte de bagagem despachada nas viagens aéreas entrou em vigor em abril do ano passado, com a autorização da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), mudança que há tempos vinha sendo defendida pelas companhias.

A Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas) argumentava que a cobrança resultaria em queda do preço médio cobrado pelas passagens.

"O Tribunal quer saber se a resolução da Agência reguladora trouxe algum benefício ao consumidor", afirmou o TCU em nota, revelando que o relator do processo é o ministro Bruno Dantas.

    Access log