Economia Último saque do PIS no ano será liberado nesta quinta-feira

Último saque do PIS no ano será liberado nesta quinta-feira

Trabalhadores nascidos em dezembro vão receber o benefício. PIS é pago a servidores da rede particular de empresas

Saque pis

PIS será liberado para trabalhadores nascidos em dezembro

PIS será liberado para trabalhadores nascidos em dezembro

Adriana Toffetti/A7 Press/Folhapress - 10.12.2018

O último saque do ano do PIS (Programa de Integração Social) será liberado nesta quinta-feira (13). Os valores serão creditados aos brasileiros nascidos em dezembro e que trabalhem na rede privada. 

Os trabalhadores podem consultar se têm saque do PIS a realizar acessando o site da Caixa Econômica Federal

O valor do benefício varia de acordo com o tempo de trabalho do servidor. A quantia varia de R$ 80, para quem trabalhou apenas um mês no ano, e chega a um salário mínimo (R$ 954), para quem ocupou cargo com carteira assinada por 12 meses.

Governo sugere fim do abono salarial do PIS e revisão do mínimo

Ao longo do ano, o governo federal disponibilizou o saque do PIS e do Pasep na mesma data, de acordo com os critérios de cada um. No entanto, nesta quinta, não há lote do Pasep disponível. O próximo benefício será disponibilizado no dia 17 de janeiro de 2019. 

O PIS (Programa de Integração Social) é destinado aos funcionários da rede privada e é administrado pela Caixa Econômica Federal.

As datas de saques do PIS são determinadas de acordo com o ano de nascimento do trabalhador, enquanto as do Pasep são de acordo com o número final do benefício.

Como sacar o abono salarial

Em primeiro lugar, o trabalhador deve consultar se tem valores a receber e observar o calendário de pagamento. Quem possui o Cartão Cidadão pode realizar o saque nos caixas eletrônicos da Caixa, Correspondentes Caixa Aqui e Lotéricas.

Os trabalhadores que não possuem o cartão precisam procurar uma agência da Caixa e apresentar um documento original com foto. Já os servidores com conta individual no banco podem receber o benefício diretamente depositado na conta. 

É preciso apresentar um documento oficial com foto para a realização da transação presencial.

Arte/ R7