Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Veja o que fazer se você teve seu voo da Itapemirim cancelado

Empresa afirma que vai reembolsar passageiros e que tentará de forma prioritária reacomodar os que estão fora de sua cidade

Economia|Do R7


ITA: dificuldades financeiras meses após sua criação
ITA: dificuldades financeiras meses após sua criação

O Grupo Itapemirim afirma que intensificou a comunicação com os passageiros afetados pela suspensão dos voos da empresa, anunciada na sexta-feira (17). A companhia voltou a dizer, em nota neste sábado (18), que prioriza reacomodar passageiros que estiverem fora de sua cidade em voos de outras companhias, e que buscará reembolsar — em vez de remanejar — os que estiverem na cidade onde residem.

A empresa chamou a atenção para os canais de comunicação e ressaltou que os clientes não devem ir aos aeroportos antes de entrar em contato. Também recomendou que não seja feito o check-in online. Um dos objetivos é evitar o caos verificado neste sábado no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos (SP), onde passageiros protestaram contra a suspensão dos voos. Uma das passageiras estava no aeroporto desde a quinta-feira (16).

Leia também

Veja os principais canais de comunicação com a empresa: 

• atendimento telefônico pelo número 0800 723 2121;

Publicidade

• atendimento pelo chat do site www.voeita.com.br, das 6h às 21h; e

• email para falecomaita@voeita.com.br, com o nome completo e o número do localizador da reserva, para agilizar o atendimento.

Publicidade

Os passageiros também podem solicitar o reembolso integral dos valores pagos diretamente no site da companhia, www.voeita.com.br. Para isso, são necessários os seguintes passos:

• clique em Meus Voos;

Publicidade

• faça o login com seu nome de usuário e sua senha;

• clique na opção Remissão/Remarcação/Reembolso;

• selecione o seu tíquete; e

• selecione a opção Reembolso.

Intimação

A Itapemirim já foi intimada pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) a cumprir medidas para assistência aos passageiros que adquiriram bilhetes aéreos. Segundo a agência, além da assistência aos clientes lesados, a empresa deverá prestar informações atualizadas à Anac sobre as ações previstas para honrar os bilhetes vendidos e a reacomodação dos clientes.

O Grupo Itapemirim afirmou ainda que utiliza como parte da estratégia para minimizar os transtornos sua rede de ônibus rodoviários. E destacou os canais disponíveis para a resolução de problemas pelos clientes.

A empresa disse lamentar os transtornos causados. "A companhia trabalha neste momento em sua reestruturação para a retomada de suas operações o mais breve possível", afirmou em nota.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.