Escola voltada à saúde pública retoma atividades em SP

Instituição Makiguti, na zona leste, volta às aulas presenciais nesta segunda (10) adotando medidas sanitárias e com 35% dos estudantes

Biblioteca Professor Makiguti na Zona Leste de SP

Biblioteca Professor Makiguti na Zona Leste de SP

Divulgação

As aulas presenciais da Escola Municipal de Educação Profissional e Saúde Pública Professor Makiguti, na zona leste de São Paulo, retornam nesta segunda-feira (10). A instituição retomou os encontros em laboratório dos cursos técnicos seguindo as orientações da Vigilância Sanitária.

De acordo com o Governo do Estado de São Paulo, as cidades classificadas na fase amarela há mais de 14 dias consecutivos podem retornar com as aulas prática de cursos técnicos e superiores na área da saúde, respeitando o limite máximo de 35% de ocupação das salas. Atendendo o protocolo, a Escola Makiguti dará prioridade aos alunos inseridos no módulo III, que estão na reta final do ano letivo.

A instituição adotou o sistema híbrido e os laboratórios serão utilizados em rodízio pelos alunos. A primeira turma que terá encontros preseciais será a do curso de farmácia. Cada curso terá um calendário próprio, utilizando todos os dias da semana ou intercalando as datas.

Os alunos que estão inseridos nos módulos I e II por enquanto seguirão com aulas somente em ambiente virtual, em conteúdo teórico via texto e vídeo, o mesmo vale para os novos matriculados da escola, inseridos por meio do vestibular realizado em julho de 2020, que contou com mais de 4,7 mil inscrições para 540 vagas ofertadas.

A escola é administrada pela Fundação Paulistana, entidade vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho da Prefeitura de São Paulo.