Estudantes brasileiros participam de competição para criar satélite

Jovens vão desenvolver um satélite programado para funções meteorológicas. Equipamento será lançado no CubeDesign, evento organizado pelo Inpe

Equipe Alpha participa de evento do Inpe

Equipe Alpha participa de evento do Inpe

Divulgação/Etec

Três estudantes do curso técnico de Automação Industrial da Etec (Escola Técnica Estadual) Profª Ilza Nascimento Pintus, de São José dos Campos (SP), foram selecionados para participar da CubeDesign, competição latino-americana de desenvolvimento de nanossatélites organizada pelo Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais).

O projeto é orientado pelo professor Marcos Mesquita e a execução coube à equipe Alpha, que é formada pelos alunos Juno Higgeti, Rafael César e Vinicius Barnabé. O trio foi selecionado entre os 10 grupos finalistas na categoria CanSat da terceira edição da competição.

Os estudantes receberam o desafio de desenvolver o protótipo de um nanossatélite, do tamanho de uma lata de refrigerante, para promover o estudo de tempestades violentas e oferecer soluções para prevenir acidentes.

Projeto

O evento estava previsto para ocorrer em julho, na sede do Inpe, em São José dos Campos, mas, por conta das restrições causadas pela pandemia do novo coronavírus, foi adiado para o mesmo período do ano que vem.

"Mesmo com a pandemia, nosso trabalho tem fluído bem. Dividimos as tarefas em três frentes (programação, estrutura e eletrônica), que são as especialidades de cada um para facilitar", afirma Juno Higgeti. 

Marcos Mesquita, o professor coordenador afirma que a equipe continua motivada. "Sempre procurei criar meios para os alunos inventarem e serem criativos e trabalhar com esse trio é bem fácil", diz. "Assim que levantei a proposta, eles aceitaram. No fim, para nós, o maior prêmio é a aprendizagem", conta.

*Estagiário sob supervisão de Karla Dunder