Educação Estudantes do Jardim Ângela e da zona leste de SP levam prêmio do Google

Estudantes do Jardim Ângela e da zona leste de SP levam prêmio do Google

Jovens criaram aplicativos que oferecem soluções práticas para as comunidades onde vivem na capital paulista

  • Educação | Karla Dunder, do R7

Apresentação do aplicativo Comparate, premiado pelo Google Startup in School

Apresentação do aplicativo Comparate, premiado pelo Google Startup in School

Júnior Mantovani/Divulgação

Estudantes da Etec (Escola Técnica Estadual) do Jardim Ângela e da Etec Zona Leste, atentos à realidade dos bairros onde vivem na periferia de São Paulo, criaram aplicativos com soluções práticas para a comunidade local e de baixa renda e ainda levaram o primeiro lugar no Google Startup in School — ed. ADE Sampa.

A proposta do evento foi promover a saúde mental dos alunos por meio do desafio e trabalho em equipe. A edição premiou quatro projetos de aplicativos de celular, todos eles desenvolvidos por alunos de escolas públicas da capital paulista.

Os grupos foram premiados em duas categorias: Tecnologia Livre e App Inventor. Levaram os primeiros lugares os seguintes projetos:

1º lugar na Categoria Tecnologia Livre: Comparate é um aplicativo que compara preços de alimentos de diversos supermercados.

1º lugar na Categoria App Inventor: Invest é uma solução de baixo custo para ajudar no estudo para o vestibular.

2º lugar na categoria Tecnologia Livre: Criptphy é uma aplicativo para proteger contas de ataques cibernéticos de hackers.

2º lugar na categoria App Inventor: Safety First também oferece segurança eletrônica, mas para compras online (desenvolvido por alunos da Etec Abdias do Nascimento, em Paraisópolis).

Esta edição foi realizada em formato híbrido e valorizou as dinâmicas em equipe. "Os alunos têm autonomia para desenvolver a pesquisa, apenas dei orientações para ajustar o foco durante o desenvolvimento do projeto e para a apresentação", explica o professor Fabio Quaiati, orientador do grupo que criou o Invest. 

Grupo do Projeto Invest: Vinicius Norgang, Leticia Lesnoke, Camila Santos, Kamille Lima e Luana Kamori

Grupo do Projeto Invest: Vinicius Norgang, Leticia Lesnoke, Camila Santos, Kamille Lima e Luana Kamori

Júnior Mantovani/Divulgação

O Invest foi criado pelo grupo formado por Camila Santos, Kamille Lima, Leticia Lesnoke, Luana Kaori e Vinicius Norgang. "Nosso objetivo foi criar um aplicativo que ajude estudantes de baixa renda a se prepararem para o vestibular", explica Camila. "Além de ser uma ferramenta gratuita com videoaula, dicas de podcasts e exercícios, possibilita aos usuários acesso a uma lista de eventos culturais, uma forma descontraída de obter conhecimento."

Já o Comparate auxilia as famílias a driblarem a alta dos preços e a inflação. "As pessoas gastam muito tempo procurando ofertas em supermercados, o que fizemos foi facilitar essa busca, oferecemos uma economia de dinheiro e de tempo", explica Ana Beatriz Martins Batista. O aplicativo foi desenvolvido por ela em parceria com os estudantes Débora Regina dos Santos Silva, Gabriela Souza Correia, Guilherme Lima de Paula e Isabela Souza Correia.

Os grupos apresentaram os protótipos dos aplicativos e têm como objetivo lançar comercialmente essas ferramentas. "Acreditamos que podemos ajudar muita gente", diz Ana Beatriz.

As meninas contam que vencer a competição foi uma surpresa. "Ainda estamos sob o impacto da premiação", diz Camila. "O prêmio é um reconhecimento do nosso esforço, muito mais que o celular, ter a oportunidade de participar do processo de aceleração e visitar o Google foi algo muito especial", conclui Ana Beatriz.

Últimas