Educação Estudantes usam guarda-chuva dentro de colégio em São Paulo

Estudantes usam guarda-chuva dentro de colégio em São Paulo

Alunos denunciam goteira e infiltração nas dependências de escola estadual na zona leste; o problema começou em março 

  • Educação | Do R7, com informações da Record TV

Resumindo a Notícia

  • Uma escola estadual de São Paulo tem infiltrações e goteiras em salas e banheiros
  • Segundo os estudantes, a situação ocorre desde o mês de março deste ano
  • Os jovens precisam fazer revezamento para assistir às aulas
Jovem relata falta de manutenção nas dependências da Escola Estadual Professor Mozart de Lima

Jovem relata falta de manutenção nas dependências da Escola Estadual Professor Mozart de Lima

Reprodução/ RecordTV

Estudantes da Escola Estadual Professor Mozart Tavares de Lima, localizada no bairro da Vila Carrão, na zona leste de São Paulo, denunciaram as péssimas condições na infraestrutura da escola, com problemas de infiltração nas paredes e goteiras em banheiros e salas de aulas.

Lorena Gorks, uma das alunas, gravou um vídeo em que ela e uma colega precisam usar guarda-chuva no banheiro. Revoltada, a estudante denuncia a situação, que ocorre desde março, época de maior concentração de chuvas na cidade.

Com a falta de manutenção no local e as goteiras que estão por todos os espaços, Lorena afirma que os alunos precisam fazer rodízio na sala de aula para que consigam estudar.

Assista:

A escola tem cerca de 2.000 estudantes, matriculados nos períodos da manhã, da tarde e da noite. Procurada pelo R7, a Seduc-SP (Secretaria da Educação do Estado de São Paulo), até o fechamento da matéria, não havia se pronunciado sobre o caso.

Últimas