Educação Governo de SP fará mapeamento emocional de alunos e professores

Governo de SP fará mapeamento emocional de alunos e professores

Estudo deve  auxiliar o desenvolvimento de políticas públicas para a formação dos profissionais da área de Educação

Secretário de Educação do Estado de São Paulo, Rossieli Soares, anuncia estudo com professores

Secretário de Educação do Estado de São Paulo, Rossieli Soares, anuncia estudo com professores

Governo do Estado de São Paulo/Divulgação

O governo de São Paulo fará o mapeamento das emoções habilidades sócioemocionais de estudantes e profissionais da Educação. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (20) pelo secretário da Educação, Rossieli Soares. A proposta é seguir os mesmos moldes do estudo aplicado em 2019 em parceria com o Instituto Ayrton Senna e também divulgado nesta quinta. 

Esse estudo deve  auxiliar o desenvolvimento de políticas públicas para a formação dos profissionais da área de Educação. A ideia é levantar informações de autoavaliação sobre personalidade, prática profissional e qualidades instrucionais, além de temas relacionados à organização, foco, persistência, assertividade e respeito. 

A coleta de dados ocorrerá por meio de uma plataforma de pesquisa online, no período entre esta quinta-feira (20) e o dia 10 de junho.

O secretário também anunciou que a partir de 2022 o Inova será ampliado para alunos matriculos entre o 1º e o 5º ano do ensino fundamental. Serão oferecidas as disciplinas Projeto de Convivência, Inglês e Tecnologia para 623 mil alunos. As escolas de Ensino Integral (PEIs) de Anos Iniciais vão oferecer também Projeto de Convivência e Inglês.

Últimas