Goiás Candidato morto em carreata e atirador brigaram antes do crime

Candidato morto em carreata e atirador brigaram antes do crime

Os dois teriam discutido pela manhã; suspeito teria prometido vingança após discussão

Candidato morto em carreata e atirador brigaram antes do crime

Atirador era um servidor público de 53 anos e morreu no local

Atirador era um servidor público de 53 anos e morreu no local

Reprodução/Rede Record

O ex-prefeito Zé Gomes (PTB) — morto durante uma carreata em Itumbiara na tarde de ontem — e o atirador, Gilberto Ferreira do Amaral, teriam se envolvido em uma briga no dia do crime. De acordo com informações iniciais, os dois teriam discutido na manhã de quarta-feira (28) e Amaral teria prometido vingança.

A SSP (Secretaria de Segurança Pública) e a Polícia Civil do Estado farão uma coletiva de imprensa no fim da manhã desta quinta-feira (29) para dar mais informações sobre o caso.

Zé Gomes participava de uma carreata comandada pelo governador em exercício de Goiás, José Eliton (PP), na tarde desta quarta-feira, em Itumbiara, cidade a 240 km de Goiânia. Eliton e advogado da Prefeitura de Itumbiara, Célio Rezende, também foram atingido pelos disparos.

O autor do crime, o funcionário público Gilberto Ferreira do Amaral, e o policial militar Vanilson Rodrigues, que fazia a segurança de Zé Gomes, morreram minutos depois em tiroteio. O deputado Jovair Arantes (PTB) e o senador Wilder Morais (PP) também estavam no carro de Zé Gomes, mas não foram atingidos pelos disparos.

Candidato à prefeitura morto em carreta declarou patrimônio de R$ 110 milhões

Ferido com tiros no abdome, o governador em exercício foi levado para o hospital municipal de Itumbiara. No começo da noite, ele foi transferido de helicóptero para a capital. Boletim Médico divulgado por volta das 7h desta quinta-feira pelo Hugol (Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira) informa que o estado de saúde do vice-governador e do advogado da Prefeitura de Itumbiara, Célio Rezende, permanece estável. Eles estão internados na UTI da unidade. Conscientes, respiram espontaneamente.

A Polícia Civil de Goiás informou que o atirador era auxiliar de serviços gerais da Secretaria Municipal de Saúde de Itumbiara. No crime, ele usou uma pistola 40 mm. Até o momento, os investigadores não divulgaram a motivação do assassinato de Zé Gomes. O corpo do político está sendo velado em Itumbiara e deve se enterrado na cidade ainda nesta quinta-feira. O atual prefeito, Francisco Domingues de Farias, decretou luto oficial de três dias.