Eleições 2020 Chegada de adversário em seção de petista gera tumulto em Contagem

Chegada de adversário em seção de petista gera tumulto em Contagem

Felipe Saliba (DEM) foi hostilizado por fiscais e apoiadores de Marília Campos (PT), logo após a saída da petista do local de votação, no bairro Eldorado

  • Eleições 2020 | Vinicius Araújo, da Record TV Minas

Presença de Saliba causou tumulto

Presença de Saliba causou tumulto

Vinicius Araújo/ Record TV Minas

Poucos minutos depois da votação da candidata Marília Campos (PT), em uma escola no bairro Eldorado, em Contagem, na Grande BH, o adversário Felipe Saliba (DEM) chegou no mesmo local.

A presença do candidato acabou dando início a um tumulto e bate-boca entre os apoiadores dos dois lados. Marília Campos já havia deixado o local, cerca de 10 minutos antes.

Guardas municipais e policias civis tiveram que separar os envolvidos na confusão, que alegavam que era "ilegal" a presença do candidato do DEM. À reportagem, Saliba informou que estava ali para acompanhar o coordenador de sua campanha que vota naquela seção.

Pouco antes, Marília Campos votou acompanhada do marido

Pouco antes, Marília Campos votou acompanhada do marido

Vinicius Araújo/ Record TV Minas

A troca de insultos só terminou depois que os agentes ameaçaram de prisão as pessoas que gritavam na porta da seção. Saliba, logo em seguida, se retirou do local e se dirigiu para sua seção de votação na Funec (Fundação de Ensino de Contagem), no bairro Inconfidentes.

Últimas