Eleições 2020 Emprego e mobilidade são citados na agenda de candidatos em SP

Emprego e mobilidade são citados na agenda de candidatos em SP

Postulantes à Prefeitura de SP se concentram em lives e entrevistas nesta sexta-feira (30), a pouco mais de duas semanas das eleições municpais

  • Eleições 2020 | Cesar Sacheto, do R7

Candidatos à Prefeitura de SP intensificam agenda

Candidatos à Prefeitura de SP intensificam agenda

Montagem/R7

Os candidatos à Prefeitura de São Paulo falaram sobre geração de empregos e mobilidade urbana durante a agenda pública desta sexta-feira (30), entre outros temas. O dia também foi marcado por entrevistas online e lives. As eleições municipais serão realizadas no dia 15 de novembro e o segundo turno de votações está  marcado para o dia 29 do mesmo mês.

Leia também: Em SP, Covas lidera com 26% seguido de Russomanno com 20%

A campanha eleitoral começou oficialmente no dia 27 de setembro e o R7 tem divulgado os compromissos de campanha de todos os 14 concorrentes à administração municipal paulistana. O critério definido para apresentação foi a ordem alfabética.

Andrea Matarazzo (PSD)

O candidato do PSD, Andrea Matarazzo, foi entrevistado ao vivo pela rádio Eldorado pela manhã. Depois, ele participou de reunião com a diretoria da Alobrás (Associação de Lojistas do Brás).

À tarde, Boulos esteve em outra reunião, desta vez com o Clube de Lojistas do Bom Retiro. Em seguida, concedeu entrevista para o Canal do Negão e encerrou a agenda do dia em uma reunião virtual com o grupo Bairros Unidos.

Antônio Carlos Silva (PCO)

O candidato do PCO, Antônio Carlos Silva, não divulgou a agenda do dia.

Arthur do Val Mamãe Falei (Patriota)

O candidato a prefeito pelo Patriota, Arthur do Val Mamãe Falei, foi sabatinado pela OAB-SP (Ordem dos Advogados do Brasil) pela manhã. Durante a tarde, ele gravou programas de campanha e, à noite, foi entrevistado pelo Spotiniks.

Bruno Covas (PSDB)

O candidato do PSDB à reeleição, Bruno Covas, cancelou os compromissos de agenda da manhã em razão das fortes chuvas que atingiram a cidade de São Paulo.

Bruno Covas cancelou agendas da manhã em razão das chuvas na cidade de SP

Bruno Covas cancelou agendas da manhã em razão das chuvas na cidade de SP

Divulgação/Patrícia Cruz

À tarde, o candidato tucano gravou o programa "Fundo do Baú" da jornalista Luciana Liviero. À noite, Bruno Covs teve outro compromisso virtual: uma participação no ciclo de entrevistas da OAB-SP com os candidatos à prefeitura.

Celso Russomanno (Republicanos)

O candidato do Republicanos, Celso Russomanno, participou de um ciclo de entrevistas com postulantes à Prefeitura de São Paulo promovido pela OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

Filipe Sabará (Novo)

O candidato do Novo, Filipe Sabará, não tem agenda desde que o pedido de candidatura foi indeferido.

Guilherme Boulos (PSOL)

O candidato do PSOL, Guilherme Boulos, fez reunião com o Fórum Mundaréu sobre a Cracolândia, na Santa Ifigênia, no centro da cidade.

Jilmar Tatto (PT)

O candidato do PT, Jilmar Tatto, foi entrevistado em sabatina da Folha durante a manhã. À tarde, ele participou de carreata e visita ao comércio de Ermelino Matarazzo, na zona leste.

Depois, Tatto foi sabatinado pelo Estadão e, em seguida, concedeu entrevista virtual na OAB e gravou programa na TV Gazeta.

Joice Hasselmann (PSL)

A candidata do PSL à prefeitura, Joice Hasselmann, concedeu entrevista à rádio Trianon e teve reunião com o professor Edivan e dom Carlos para discutir a estruturação das escolas comunitárias.

À tarde, Joice esteve no Panamby para visita a local de descarte irregular de lixo, gravou com a TV Globo e para o horário eleitoral.

Depois, a candidata fez reunião com a equipe de comunicação, interagiu nas redes sociais e esteve em jantar com dirigentes partidários.

Levy Fidelix (PRTB)

O candidato do PRTB, Levy Fidelix, viaja para Brasília, onde faria organização de estúdio e buscaria soluções para assegurar rígidos padrões sanitários.

Márcio França (PSB)

O candidato do PSB, Márcio França, falou sobre as suas propostas de geração de emprego e renda e criação de oito escolas técnicas de economia criativa durante visita à padaria Cepam, na zona leste da cidade. Para ele, os pequenos e médios comércios geram muito mais emprego que a indústria, de modo que é preciso dar ênfase à economia criativa.

Na periferia, França falou sobre geração de empregos

Na periferia, França falou sobre geração de empregos

Divulgação/Fernanda Luz

À imprensa, durante a visita à Cepam, uma panificadora de cerca de 1.500 empregos, o candidato afirmou que vai criar oito escolas técnicas de economia criativa em diferentes regiões da cidade. A proposta é que as pessoas aprendam uma profissão, em iniciativa semelhante às escolas técnicas.

"Você viu aqui [na padaria] estagiários, gente jovem querendo aprender. Não é uma atividade simples, mas é muito mais bem remunerada do que uma atividade, por exemplo, que a pessoa faça em uma indústria", enfatizou.

O candidato defendeu também a criação de uma carência de impostos este ano, para que o comércio possa se recuperar da crise. Também reforçou que implementará programas de empréstimo de 20 mil reais para 25 mil comerciantes, e de R$ 3 mil para 100 mil empreendedores, sem juros.

"É preferível que eles tenham o dinheiro na mão e gerem emprego. Nós estamos com quase 50 mil comerciantes fechados em São Paulo e precisamos que eles voltem a trabalhar, se animem", declarou Márcio França.

Marina Helou (Rede)

A candidata a prefeita pela Rede Sustentabilidade, Marina Helou, concedeu ao vivo à rádio Bandeirantes durante a manhã.

À tarde, Marina participou de live sobre a população em situação de rua e falou sobre propostas para a comunidade LGBTQIA+ em entrevista.

Durante a noite, a candidata esteve uma roda de conversa com o Grupo Movimento Escolas Antirracistas.

Orlando Silva (PCdoB)

O candidato do PCdoB, Orlando Silva, começou o dia com entrevista ao vivo para a Super Rádio.

Na parte da tarde, ele visitou o Mercado Municipal de São Miguel Paulista, na zona leste. Em seguida, Orlando Silva teve reunião com Francisca Rabelo, presidente da Cooperativa Fenix Ágape, na Vila Itaim. 

À noite, o candidato comunista participou de live do programa De Cara com Douglas Nobre.

Vera Lúcia (PSTU)

A candidata do PSTU, Vera Lúcia, gravou vídeos de campanha durante o dia e a noite participou da Live "Derrotar a Máfia dos Transportes na Cidade de SP".

Vera Lúcia falou sobre mobilidade urbana

Vera Lúcia falou sobre mobilidade urbana

Divulgação/Tácito Yuri Dutra Chimato

Durante a gravação do vídeo para o portal Vá de Bike, que trata da mobilidade por bicicleta nas grandes cidades brasileiras, com foco principal em São Paulo, Vera defendeu a construção de ampla malha de ciclovias, seguras, planejadas e integradas a outros meios de transporte coletivo.

"Muita gente usa bicicleta por causa do preço alto das tarifas dos transportes e dos baixos salários. Outros fazem por consciência ambiental. O modelo de cidades capitalistas privilegia circulação de automóveis e garantia dos lucros das grandes empresas. Por isso, não investe em outras modalidades, como as ciclovias.  As que existem são insuficientes e inseguras. É preciso fazer uma revolução no transporte urbano. Estatizar o transporte é o primeiro passo para termos um transporte barato e de qualidade, ampliar o uso de transportes alternativos e a integração entre modais", declarou Vera Lúcia.

*O R7 divulga diariamente as notícias sobre o dia de campanha dos postulantes ao cargo de prefeito da capital paulista. O espaço no portal está aberto a todos os candidatos.

Veja o currículo dos candidatos à Prefeitura de São Paulo:

Últimas