Eleições 2020 Fortaleza e Recife têm 2º turno 'quase' definido, diz Ibope

Fortaleza e Recife têm 2º turno 'quase' definido, diz Ibope

Na capital cearense, disputa deve opor candidato de Moro e Bolsonaro ao de Ciro Gomes. Já em Recife, a briga será entre membros da mesma família

Agência Estado
2º turno está desenhado em Fortal
eza e Recife

2º turno está desenhado em Fortal eza e Recife

ADRIANO ISHIBASHI/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

Os eleitores de Fortaleza devem levar para o segundo turno o único militar a ter sucesso em uma capital nessas eleições: o candidato Capitão Wagner (Pros), que aparece com 30% das intenções de voto, segundo pesquisa do Ibope, divulgada no sábado (14). Wagner, que é apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo ex-ministro Sérgio Moro, está empatado em primeiro lugar, mas numericamente atrás do candidato José Sarto (PDT), que tem 32%.

ELEIÇÕES 2020: ACOMPANHE O DIA DE VOTAÇÃO PELO BRASIL

Sarto, que é apoiado pelo ex-governador Ciro Gomes, espera contar com o apoio do PT no segundo turno, cuja candidata, a ex-prefeita Fortaleza Luizianne Lins, aparece em terceiro lugar, com 20% das intenções de voto.

Veja também: Tudo que você precisa saber sobre o dia da votação

Recife pode ter disputa em família no 2º turno
 
A eleição no Recife deve se transformar em uma disputa familiar. João Campos (PSB) deve enfrentar sua prima, a deputada federal Marília Arraes (PT) no segundo turno. Candidatos da esquerda na cidade devem deixar de fora da disputa os candidatos da direita: o ex-ministro Mendonça Filho e a Delegada Patrícia (Podemos), apoiada por Jair Bolsonaro.

Pela pesquisa Ibope divulgada no sábado, Campos tinha 39% das intenções de voto e Marília Arraes 26%, isolando-se em segundo lugar. 

Últimas