Eleições 2020 Marília Campos pretende reduzir valor do IPTU em Contagem (MG)

Marília Campos pretende reduzir valor do IPTU em Contagem (MG)

Candidata à prefeitura da cidade pelo PT concedeu entrevista à Record TV Minas, nesta sexta-feira (27), dois dias antes de disputar o segundo turno

  • Eleições 2020 | Pablo Nascimento, do R7

Marília Campos (PT), que concorre no segundo turno à Prefeitura de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, pretende reduzir o valor do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) cobrado na cidade.

A intenção foi divulgada durante entrevista ao MG no Ar, da Record TV Minas, na manhã desta sexta-feira (27). O assunto divide opniões na cidade que não cobrou o imposto da maior parte da população entre os anos de 1989 e 2016.

— Nosso compromisso é reduzir o valor do IPTU residencial e comercial porque estão abusivos. Isso dentro de uma lógica de rever toda política tributária municipal para estabelecer as compensações.

Marília já foi prefeita de Contagem (MG)

Marília já foi prefeita de Contagem (MG)

Ana Gomes / Record TV Minas

Além de rever o valor do IPTU, a candidata também planeja analisar os contratos das obras de infraestrutura que estão em andamento atualmente na cidade, caso seja eleita.

— São obras importantes e que vão melhorar a qualidade de vida das pessoas, vão melhorar a infraestrutura da cidade, mas a cidade desconhece de fato os projetos. Nossa intenção é mostrar o projeto, debater com a cidade os impactos que esses projetos terão e rever, se necessário, algumas questões dos projetos.

Durante a conversa com a jornalista Mayara Folco, Marília comentou sobre o desempenho do Partido dos Trabalhadores no primeiro turno, que ocupou o nono lugar no número de candidatos eleitos pelo país.

— Eu sou afiliada ao partido há mais de 30 anos, mas a cidade me conheçe por Marília. A minha história tem nome e o nome é Marília. Então a cidade me elegeu, reelegeu e eu acredito que essa questão do partido tem um peso secundário na disputa eleitoral.

Educação

No campo da educação, Marília afirma que sua equipe tem discutido um protocolo para organizar como será possível retomar as aulas presenciais nas escolas da rede pública municipal. Segundo a candidata, caso eleita, as medidas serão balizadas pelas orientações dos órgãos sanitários e do Ministério da Educação.

— Isso quer dizer que não só temos que fazer uma adequação do espaço físico das escolas, como também um funcionamento diferente. Nós estamos revendo o conceito pedagógico para essa realidade e o protocolo sanitário também.

Questionada sobre como pretende ampliar a ofertas de vagas nas creches e pré-escola, como denfende em seu plano de governo, a petista explicou que pretende avaliar o uso dos recursos do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica) para viabilizar a proposta.

Entrevista

Marília foi a segunda convidada à participar das entrevistas que a Record TV Minas propôs aos candidatos que concorrem no segundo turno em Contagem. Felipe Saliba (Dem) não compareceu, alegando necessidade de rever seu plano de segurança após seu chefe de campanha denunciar ameaças durante um ato. Marília teve 41,83% dos votos válidos no primeiro turno e Felipe Saliba, 18,42%

Durante a conversa com a jornalista Mayara Folco, a petista ainda falou sobre políticas de mobilidade urbana, sobre uma possível redução no número de secretarias na cidade e sobre ações para ajudar os comerciantes afetadso pela pandemia de covid-19. Assista à entrevista completa no vídeo que está no início desta reportagem.

Após conceder entrevista ao programa da Record TV Minas, a candidata participou de uma live nas redes sociais da emissora. Assista à transmissão abaixo:

Últimas