Eleições 2020 Mulheres são um terço dos candidatos nas eleições de 2020

Mulheres são um terço dos candidatos nas eleições de 2020

Informação consta no estudo feito pela Consultoria Legislativa da Câmara dos Deputados e divulgado nesta terça-feira (20) pela Secretaria da Mulher

Candidaturas de mulheres são minoria nas eleições de 2020

Candidaturas de mulheres são minoria nas eleições de 2020

Roberto Jayme/Ascom/TSE - 19.07.2016

Apesar de as mulheres serem a maioria do eleitorado brasileiro, elas representam um terço (33,3%) das candidaturas nas eleições municipais de 2020.

A informação consta no estudo feito pela Consultoria Legislativa da Câmara dos Deputados e divulgado nesta terça-feira (20) pela Secretaria da Mulher.

Leia mais: Candidatas mulheres têm 2,5 vezes menos chances de serem eleitas

De acordo com o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), foram pouco mais de 522 mil pedidos de registro de candidatura, sendo 183 mil de mulheres. Esses dados, contudo, são recorde para as eleições municipais. Em 2016, mulheres foram 31,9% do total e, em 2012, 31,5%.

O levantamento aponta que, do ponto de vista nacional, todos os partidos preencheram a cota mínima de 30% para candidaturas mulheres, prevista na lei 9.504, de 1997. O estudo da Secretaria da Mulher informa que a maior parte dos partidos preencheu, este ano, de 32% a 35%.

Veja também: Direitos políticos de mulheres: Brasil é o 9º entre 11 países, diz ONU

Em relação aos municípios, o estudo afirma que diversas siglas não preencheram as cotas efetivas. Diante da situação, a secretaria enviou ofícios ao TSE, PGE e PGR.
*Com informações da Agência Câmara

Últimas