Eleições 2020 Segundo turno em Minas leva 1,2 milhão de eleitores às urnas

Segundo turno em Minas leva 1,2 milhão de eleitores às urnas

Contagem, na Grande BH, Juiz de Fora, Governador Valadares e Uberaba levam a população às urnas, neste domingo (29), na escolha do novo prefeito

Pela manhã, eleitores idosos ou do grupo de risco têm prioridade nas urnas

Pela manhã, eleitores idosos ou do grupo de risco têm prioridade nas urnas

Mayara Folco/ Record TV Minas

Neste domingo (29), Minas espera que 1,2 milhão de eleitores compareçam às urnas para escolher os prefeitos de Contagem, na região metropolitana, Juiz de Fora, a 262 km de BH, Uberaba (474 km) e Governador Valadares (334 km).

Dentre os 853 municípios do Estado, as quatro cidades ficaram dentre as que possuem mais de 200 mil habitantes que não não tiveram um candidato com votação maior que 50% e mais um voto, para que assim fosse definido o pleito em um só turno.

Em Contagem, a petista Marília Campos, que lidera as pesquisas, concorre com Felipe Saliba (DEM), na disputa pelo cargo na segunda maior cidade da Grande BH. Em Uberaba, no Triângulo Mineiro, Elisa Araújo (Solidariedade) e Tony Carlos (PTB) buscam o voto do eleitorado. Já em Governador Valadares, primeira vez que ocorre um segundo turno na cidade, a escolha ficou entre André Merlo (PSDB) e Doutor Luciano (PSC). Em Juiz de Fora, Maragarida Salomão (PT) concorre com Wilson Rezato (PSB).

Voto seguro

Idosos e outros eleitores que fazem parte do grupo de risco têm preferência na votação sendo recomendado que votem entre 7h e 10h, neste domingo. O TSE recomenda também que o distanciamento seja respeitado, além do uso de máscaras e álcool em gel.

Pessoas que apresentarem sintomas de covid-19 ou que tiverem o diagnóstico positivo da doença, não devem votar. A justificativa pode ser feita até 60 dias após o encerramento da votação.

Últimas