Eleições 2020 TRE do Amapá sugere que eleições em Macapá sejam em dezembro

TRE do Amapá sugere que eleições em Macapá sejam em dezembro

Indicação dos dias 13 e 17 de dezembro foi encaminhada ao Tribunal Superior Eleitoral, que tem a responsabilidade de confirmar a alteração

Eleições em Macapá foram adiadas após apagão

Eleições em Macapá foram adiadas após apagão

Denny Cesare/Código 19/Folhapress - 05.11.2020

O TRE-AP (Tribunal Regional Eleitoral do Amapá) decidiu nesta sexta-feira (13), em sessão administrativa, sugerir ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que as eleições municipais em Macapá sejam realizadas nos dias 13 e, caso exista a necessidade de segundo turno, 27 de dezembro. As datas ainda devem ser confirmadas pela Justiça Eleitoral.

Inicialmente previstas para acontecer no próximo domingo (15) junto com o restante do Brasil, as eleições em Macapá foram adiadas em função de um apagão que atingiu a cidade há cerca de 10 dias. O pleito deve ocorrer normalmente nas outras 15 cidades do Amapá.

Veja também: Conheça os candidatos à prefeitura de Macapá

Ao decidir a favor do adiamento solicitado, o TSE determinou que a capital do Estado tem até o fim de 2020 para concluir a escolha de seu futuro prefeito e vereadores. De acordo com o presidente da Corte, Luís Roberto Barroso, o adiamento não servia aos interesses políticos de nenhum grupo ou candidato.

A cidade de Macapá conta com 292.718 eleitores aptos para escolher seus representantes a prefeito e vereador neste ano. Antes do adiamento, o TRE já havia transferido os locais de votação de alguns eleitores do Estado em função da interrupção do fornecimento de energia.

Em Macapá, as seções do IFAP (Instituto Federal do Amapá) e da Escola Padre Ângelo Biraghi foram deslocadas para a Escola Estadual Professor Antônio Munhoz Lopes e para a Escola Municipal Maestro Miguel Alves da Silva, respectivamente. Não se sabe se as alterações serão mantidas.

Últimas