Eleições 2020 "Vou dar o sangue", diz Eduardo Paes após ser eleito prefeito no Rio

"Vou dar o sangue", diz Eduardo Paes após ser eleito prefeito no Rio

Paes vai ocupar o cargo pela terceira vez – depois de cumprir dois mandatos entre 2009 e 2016 – e disse sentir mais preparado agora

Eduardo Paes (DEM) afirmou, em primeiro pronunciamento após ser eleito prefeito do Rio de Janeiro, neste domingo (29), que terá a pandemia do novo coronavírus como principal desafio a partir de 2021. O político discursou em um hotel em São Conrado, na zona sul da capital fluminense. 

Paes vai administrar o Rio pela terceira vez

Paes vai administrar o Rio pela terceira vez

Record TV Rio

Paes vai ocupar o cargo pela terceira vez – depois de cumprir dois mandatos entre 2009 e 2016 – e afirmou se sentir mais preparado para assumir a prefeitura agora.

"Queria deixar uma mensagem muito clara para todos os cariocas: que nos próximos quatro anos vocês vão ter um prefeito que vai dar o sangue, que vai lutar, trabalhar muito. Aqui tem um prefeito mais experiente do que aquele que ganhou as eleições, aos 38 anos, em 2008, e, durante dois mandatos, teve o orgulho de ser o prefeito do Rio. Quero dizer para todos que estou mais maduro, mais experiente e conheço os desafios dessa cidade."

Ao lado do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), Paes disse que vai buscar apoio do governo federal para enfrentar a pandemia. Ele afirmou ainda que pretende solicitar 450 mil testes e abrir novos leitos para pacientes com covid-19.

Paes adiantou que, a partir de segunda (30), pretende anunciar medidas e contar com a ajuda do atual prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) para fazer a transição de governo

Últimas