Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Hora 7
Publicidade

'Barbie da vida real' tem 18 anos, só usa rosa e tem medo que visual assuste possíveis pretendentes

Katie Loveday mora no Reino Unido e conta que usa roupas da cor da boneca desde que se entende por gente

Hora 7|Do R7


Não é só a Margot Robbie que é a Barbie! A britânica Katie Loveday, de apenas 18 anos, ficou famosa recentemente e se juntou ao time de bonecas da vida real. Como outras colegas, ela se veste de rosa há muito tempo e mora em uma casa que mais parece de brinquedo.

Katie afirma que só parou de usar rosa durante o ensino médio, muito por pressão das amigas. Mas bastou ela deixar a escola, em 2020, para o estilo voltar.

Katie tem medo que visual totalmente rosa seja mal interpretado por possíveis pretendentes
Katie tem medo que visual totalmente rosa seja mal interpretado por possíveis pretendentes

As roupas combinam perfeitamente com a vasta coleção de mais de 100 bonecas Barbie e Bratz que ela tem. E com o negócio próprio dela, voltado para a venda de roupas, na região central do Reino Unido.

Apesar de muito segura de si, a Barbie estilosa teme que seu estilo chocante possa afastar possíveis pretendentes no futuro.

Publicidade

"Mamãe percebeu minha obsessão e sempre me comprava roupas cor-de-rosa, porque ela também adora. Às vezes me preocupo que os homens pensem que meu visual é imaturo", disse Katie, em entrevista ao tabloide Mirror.

Amigos já confidenciaram que não se aproximariam dela, por achá-la muito bonita e estilosa, o que aumenta o fator de "intimidação" no visual dela.

Publicidade

Herança familiar

O envolvimento de Katie com a cor icônica da boneca vem de família. A mãe dela, Alison, de 55 anos, também adora rosa e decorou boa parte da casa em tons rosados.

"Ela tem um estilo rosa bebê, enquanto eu amo todos os tons de rosa. Somos uma família muito voltada para a moda", disse a Barbie da vida real.

Publicidade

A cor se tornou um "vício", segundo a definição dela, durante a quarentena de 2020, causada pela pandemia de Covid-19.

Leia também

"Lembro-me de que, na quarentena, tinha tanto tempo disponível que senti que queria começar a me expressar mais", diz Katie.

E hoje ela tem um guarda-roupa com roupas unicamente dessa cor e gasta "boa parte" do salário com mais roupas e acessórios.

Agora, o plano dela é trocar a pintura do carro, após revestir toda a parte do veículo com rosa.

LEIA MAIS: Conheça toda a história de Valeria Lukyanova, a 1ª Barbie humana

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.