Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Hora 7
Publicidade

Povoado com apenas 12 pessoas possui cerca de 53 km para proteger marsupial raro

Wallaby-com-cauda-de-prego tem apenas 20 remanescentes abrigados em refúgio à prova de predadores, nos arredores de Escócia, na Austrália

Hora 7|Do R7


O pequeno povoado de Escócia, na Austrália, possui apenas 12 habitantes e uma cerca com aproximadamente 53 km de extensão. A estrutura em meio à paisagem arenosa é utilizada para proteger uma espécie rara de marsupial, o wallaby-com-cauda-de-prego (Onychogalea fraenata).

Cerca de 53 km protege remanescentes de espécie rara de wallaby Reprodução/Australian WildLife Conservancy/Wayne Lawler/Steve Parish

Esses animais chegaram a ser dados como extintos até a década de 1970, quando uma pequena população foi descoberta do estado australiano de Queensland. De lá para cá, os wallabies remanescentes foram capturados e transportados para o atual refúgio, onde contam com a cerca projetada para evitar a escalada de gatos e a escavação de raposas — os predadores do pequeno marsupial.

As tecnologias foram introduzidas pela organização sem fins lucrativos Australian Wildlife Conservancy (AWC), que comprou a propriedade que abriga os wallabies em 2002.

Eles foram introduzidos no local em etapas: 162 indivíduos, entre 2004⎯2005, e 267, em 2008. No entanto, após uma seca severa em 2020, a população caiu para apenas 70 sobreviventes.

Passado o período, a última contagem, em maio deste ano, revelou existirem 1.174 wallabies. “Animais nativos, passam por ciclos naturais de expansão e queda em resposta às condições prevalecentes”, explicou a ecologista da AWC, Rachel Ladd, conforme reportado pelo Yahoo Austrália.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.