Internacional Alpinista alemão morre em avalanche na Argentina

Alpinista alemão morre em avalanche na Argentina

Ele e uma austríaca foram atingidos por uma avalanche e deslizamento de pedras em Aguja Gillaumet, no sul da Argentina

AFP
Homem morreu em avalanche em Cerro Fitz Roy, no sul da Argentina

Homem morreu em avalanche em Cerro Fitz Roy, no sul da Argentina

Divulgação

Um alpinista alemão morreu e uma austríaca sofreu múltiplas fraturas depois de terem sido atingidos por uma avalanche e deslizamento de pedras em Aguja Gillaumet, no cordão de Cerro Fitz Roy, no sul da Argentina, informaram fontes oficiais nesta sexta-feira (7).

A avalanche ocorreu na tarde desta quinta-feira (6). Um terceiro escalador, que saiu ileso, conseguiu descer e pedir ajuda.

La Guillaumet (2.574 metros) é uma agulha-satélite do Fitz Roy ou Cerro Chaltén (3.405 metros), localizada no campo de gelo sul da Patagônia, ao sul da Cordilheira dos Andes.

"O homem que morreu é alemão, e ela, austríaca, está internada em (...) El Calafate”, disse à AFP uma fonte do Centro Andino de El Chaltén.

A mulher, de 28 anos, pôde ser resgatada com vida e, após uma operação de evacuação de várias horas, foi levada a um posto de saúde em El Chaltén, uma cidade localizada 2.600 km a sudoeste de Buenos Aires, e posteriormente transferida para um grande hospital.

Finalmente, ela foi internada em uma unidade de terapia intensiva no hospital Samic, na cidade de El Calafate (2.750 km a sudoeste de Buenos Aires).

"Ela teve múltiplas fraturas, nas costelas no tórax e na cervical, e um forte trauma no joelho direito, entre as principais lesões, mas estava lúcida e estável", declarou a médica Carolina Codó à rádio local FM Dimensión.

O corpo sem vida do alpinista alemão, por sua vez, foi encontrado nesta sexta-feira.

Cerca de 45 equipes de resgate participaram da operação.

Os três escaladores eram membros da União Internacional de Associações de Guias de Montanha (UIAGM).

"Aguja Guillaumet é a introdução ideal para uma primeira escalada alpina na Patagônia, para escaladores experientes. O terreno inclui pedreiras íngremes, neve e geleiras, escalada no gelo e escalada em rocha", diz a agência de turismo especializada Mountaineering Patagonia em seu site.

Últimas