Internacional Apaixonadas por padres, mulheres enviam carta ao papa para pedir o fim do celibato 

Apaixonadas por padres, mulheres enviam carta ao papa para pedir o fim do celibato 

Para elas, a atitude é uma forma de romper com o silêncio da Igreja 

Mulheres apaixonadas por padres enviam carta ao papa para pedirem o fim do celibato 

Papa Francisco também já teve uma namorada

Papa Francisco também já teve uma namorada

Reuters

Um grupo de 26 mulheres enviou na quarta-feira (21) uma carta ao papa Francisco para pedir que ele mude as regras do celibato da igreja católica afirmando que estão apaixonadas por padres.

A carta foi enviada ao Vaticano assinada com a letra inicial do nome de cada uma e a cidade natal. De acordo com informações do jornal The Telegraph, as mulheres imploraram para que o papa acabe com a proibição do casamento e relações sexuais dos padres.

“Nós amamos estes homens, eles nos amam, e na maioria dos casos, apesar de todos os nossos esforços para renunciar o sentimento, não somos capazes de desistir de uma ligação tão sólida e bonita”, disseram.

Campanha inusitada incentiva casais dinamarqueses a terem filhos e oferece prêmio aos “bem-sucedidos”

De acordo com as mulheres, essa é apenas uma amostra do número de mulheres que gostariam que a medida fosse aprovada. Reunidas em uma rede social, elas disseram que querem “quebrar o silêncio”.

O Daily News informou que o papa Francisco tinha uma namorada quando era mais jovem, mas que se desvinculou porque preferia manter o celibato. Segundo o site, Francisco alegou que isso é mais tradição da igreja do que um dogma. 

O que acontece no mundo passa por aqui

Seja bombardead@ de boas notícias. R7 Torpedos