Estados Unidos

Internacional Arquivo Nacional dos EUA pede que ex-presidentes e ex-vices procurem por documentos confidenciais

Arquivo Nacional dos EUA pede que ex-presidentes e ex-vices procurem por documentos confidenciais

Papéis deste tipo já foram encontrados em endereços ligados a Donald Trump, Joe Biden e Mike Pence

Reuters
Resumindo a Notícia
  • Arquivo Nacional dos EUA pediu que ex-presidentes procurem por documentos confidenciais

  • Alerta teria sido feito também para os ex-vices-presidentes

  • Assunto entrou em pauta após documentos sigilosos serem encontrados na casa de Trump

  • Arquivos também foram localizados na casa de Joe Biden e Mike Pence

Arquivo Nacional não confirmou oficialmente pedido

Arquivo Nacional não confirmou oficialmente pedido

Michael Reynolds/EFE/EPA - 20.12.2022

O Arquivo Nacional dos Estados Unidos pediu a ex-presidentes e vice-presidentes norte-americanos, nesta quinta-feira (26), que verifiquem novamente seus registros pessoais em busca de documentos confidenciais ou outros registros presidenciais, após a descoberta de tais papéis na posse do ex-presidente Donald Trump, do atual presidente Joe Biden e do ex-vice-presidente Mike Pence.

De acordo com informações da CNN, a Administração Nacional de Arquivos e Registros (Nara, na sigla em inglês) enviou uma carta a representantes de ex-presidentes e vice-presidentes das últimas seis administrações presidenciais cobertas pela Lei de Registros Presidenciais (PRA), acrescentou a reportagem.

A carta citada pela CNN solicita que os ex-líderes verifiquem arquivos para garantir que o material considerado pessoal não contenha inadvertidamente registros presidenciais que são obrigados por lei a serem entregues ao Arquivo Nacional. O órgão não respondeu a um pedido de comentário.

"Solicitamos que você conduza uma avaliação de quaisquer materiais mantidos fora do Nara relacionados à Administração para a qual você atua como representante designado sob a PRA, para determinar se corpos de materiais anteriormente considerados de natureza pessoal podem conter inadvertidamente informações presidenciais ou registros vice-presidenciais sujeitos à PRA, sejam eles confidenciais ou não", disse a CNN, citando a carta.

Documentos marcados como confidenciais foram descobertos na casa de Pence em Indiana na semana passada. Biden, cujos documentos datam do tempo como vice-presidente e senador, e Trump, que resistiu a entregar os itens, levando a uma operação do FBI, estão enfrentando investigações de promotores especiais do Departamento de Justiça sobre o manuseio impróprio de materiais sigilosos.

A manipulação dos registros por Trump também está sob investigação criminal federal.

Um porta-voz do ex-presidente Barack Obama disse à Reuters, quando questionado sobre possíveis documentos confidenciais, que o escritório recebeu um "liberação" do Arquivo Nacional.

Últimas