Internacional Assange pode ser condenado a 5 anos de prisão nos EUA

Assange pode ser condenado a 5 anos de prisão nos EUA

Assange é acusado de colaborar com a ex-soldado Chelsea Manning, que em 2010 vazou mais de 700 mil documentos secretos para o WikiLeaks

  • Internacional | Da EFE

Hannah McKay/Reuters - 11.4.2019

O fundador do site WikiLeaks, Julian Assange, pode ser condenado a cinco anos de prisão nos Estados Unidos, segundo as acusações de "conspiração" para se infiltrar no sistema de computadores do governo reveladas nesta quinta-feira pelo Departamento de Justiça americano após a detenção do ativista em Londres.

"Assange foi acusado de conspiração para cometer uma invasão nos sistemas de computadores. Ele enfrenta uma pena máxima de cinco anos de prisão caso seja declarado culpado", afirmou o Departamento de Justiça em comunicado.

Os EUA consideram que Assange colaborou com a ex-soldado Chelsea Manning, que em 2010 vazou para o "WikiLeaks" mais de 700 mil documentos secretos, para tentar decifrar as senhas de acesso de computadores do governo com as quais poderia acessar as informações e dificultar sua possível identificação.

A relação entre Assange e Chelsea, que na época trabalhava como analista de inteligência para o Departamento de Defesa dos EUA sob o nome de Bradley Manning, era conhecida há anos, mas acreditava-se que o ativista australiano apenas tinha sido um receptador da informação enviada pela militar.

Apesar de o pedido de extradição de Assange ter sido expedido pelo Departamento de Justiça dos EUA há algum tempo, Washington não tinha revelado até hoje as acusações apresentadas contra o fundador do "WikiLeaks".

"Julian P. Assange, de 47 anos e fundador do 'WikiLeaks', foi detido hoje no Reino Unido conforme o acordo de extradição entre EUA e Reino Unido, devido ao seu envolvimento em uma acusação federal de conspiração para se infiltrar em computadores ao concordar em decifrar as senhas dos sistemas de computadores do governo com informação classificada", explicou o Departamento de Justiça em comunicado.

Nesta mesma manhã, um juiz britânico declarou Assange culpado de ter rompido as condições da sua liberdade condicional, por isso ele pode enfrentar uma pena de até 12 meses de prisão no Reino Unido.

Últimas