Estado Islâmico

Internacional Ataque atribuído ao Estado Islâmico deixa 11 mortos na Síria

Ataque atribuído ao Estado Islâmico deixa 11 mortos na Síria

ONG afirma que o grupo jihadista atacou cerca de 75 pessoas e causou a morte de 10 civis e um membro das forças do regime sírio

AFP
Ataque no centro da Síria foi atribuído ao Estado Islâmico

Ataque no centro da Síria foi atribuído ao Estado Islâmico

Reuters

Pelo menos 11 pessoas, a maioria civis, morreram após um ataque no centro da Síria atribuído ao grupo extremista EI (Estado Islâmico) na manhã deste domingo (12), anunciou uma ONG (Organização Não Governamental).

O grupo jihadista "atacou cerca de 75 pessoas no sábado enquanto coletavam trufas na área de Palmyra", disse o Observatório Sírio para os Direitos Humanos.

De acordo com a ONG com sede no Reino Unido, o ataque matou "10 civis, incluindo uma mulher e um membro das forças do regime sírio". Outras pessoas continuam desaparecidas.

A imprensa estatal síria também noticiou o ataque, mas divulgou um balanço menor de vítimas. Os "terroristas" do IE dispararam com "metralhadoras" e mataram quatro civis, incluindo uma mulher, disse a agência de notícias oficial SANA.

O EI aumentou seus ataques nos últimos meses, apesar da perda de seus redutos na Síria e dos golpes infligidos pela coalizão internacional antijihadista liderada pelos Estados Unidos.

Últimas