Internacional Autoridades dizem que tsunâmi chegou a 15 m de altura em Tonga

Autoridades dizem que tsunâmi chegou a 15 m de altura em Tonga

Efeitos das ondas gigantes causadas após erupção vulcânica deixaram três pessoas mortas e outras dezenas desabrigadas

AFP
Ilhas de Tonga ficaram cobertas de cinzas vulcânicas

Ilhas de Tonga ficaram cobertas de cinzas vulcânicas

Handout/New Zeland Defence Force/AFP - 16.1.2021

O governo de Tonga afirmou nesta terça-feira (18) que a enorme erupção vulcânica do último sábado (15) provocou um tsunâmi de até 15 metros de altura que causou um "desastre sem precedentes", destruindo casas e matando pelo menos três pessoas.

Em seu primeiro comunicado desde a erupção do vulcão Hunga Tonga Hunga Ha'apai, o governo disse que uma aldeia foi completamente destruída pela onda gerada pela erupção e outras regiões têm apenas algumas casas de pé.

Pelo menos três pessoas morreram e os sobreviventes estão em abrigos improvisados, acrescentou.

O governo de Tonga enviou equipes de resgate para evacuar as pessoas das áreas mais atingidas, bem como navios do Exército para transportar profissionais de saúde e suprimentos de água, comida e barracas.

A aldeia completamente devastada está localizada na ilha da Manga, de 30 habitantes e onde as Nações Unidas já haviam detectado um pedido de ajuda.

Uma mulher de 65 anos morreu no local. Outra vítima é uma britânica que morreu na capital, Nuku'alofa.

Os esforços de resgate são dificultados pelo rompimento de um cabo de comunicação submarino, que deixou esse arquipélago do Pacífico quase isolado do mundo, e pelas cinzas vulcânicas no aeroporto, que impedem o pouso de aviões.

Últimas