Internacional Avião russo com 13 pessoas a bordo some dos radares na Sibéria

Avião russo com 13 pessoas a bordo some dos radares na Sibéria

Aeronave deveria pousar na capital regional, Tomsk. Baliza de emergência foi ativada e uma busca está em andamento

AFP
Aeronave com 13 pessoas desaparece na Sibéria

Aeronave com 13 pessoas desaparece na Sibéria

Pixabay

Um avião Antonov AN-28 com pelo menos 13 pessoas a bordo desapareceu dos radares nesta sexta-feira (16) na região de Tomsk, na parte ocidental da Sibéria - informaram as agências russas de notícias, citando autoridades locais.

Segundo as agências TASS e Interfax, 13 pessoas viajavam no avião, enquanto a Ria Novosti informa que seriam 17 ocupantes.

A companhia aérea regional siberiana Light Aviation deveria pousar na capital regional, Tomsk. 

Segundo informes divulgados até o momento, a baliza de emergência da aeronave foi ativada, e uma busca está em andamento. 

No início deste mês, um avião AN-26 caiu na península russa de Kamchatka, no extremo-oriental do país. As cerca de 20 pessoas a bordo morreram.

As aeronaves Antonov foram fabricadas durante a era soviética e, ainda hoje, são usadas para transporte civil e militar nos países que integravam a antiga União Soviética. Nos últimos anos, estiveram envolvidos em vários acidentes.

Últimas