Internacional Bandidos fogem pelo esgoto após assalto a banco em Milão

Bandidos fogem pelo esgoto após assalto a banco em Milão

Os suspeitos ativaram um extintor de incêndio para tentar distrair os agentes e conseguir tempo para fugir pela rede de esgoto da cidade

  • Internacional | Da Ansa

Policiais patrulham ruas de Milão, Itália, durante a pandemia de covid-19

Policiais patrulham ruas de Milão, Itália, durante a pandemia de covid-19

Andrea Fasani / EFE-EPA - 24.4.2020

Uma agência do banco Crédit Agricole na Piazza Ascoli, em Milão, foi alvo de um assalto "cinematográfico" nesta terça-feira (3). Os bandidos, que entraram no banco, renderam os funcionários e mantiveram todos como reféns. Em seguida, fugiram pela rede de esgoto da cidade.

De acordo com os investigadores do caso, os ladrões entraram no banco por um buraco cavado em um prédio adjacente. Dentro do local, surpreenderam o gerente e dois funcionários, que sob a ameaça de armas de fogo, foram obrigados a entregar todo o dinheiro.

A polícia informou que a quadrilha era composta por pelo menos seis bandidos. As autoridades chegaram ao local ainda durante o assalto, cercaram a filial da Crédit Agricole e montaram uma área de segurança.

Entretanto, os assaltantes conseguiram escapar da agência através da rede de esgoto. Diversas áreas da região central de Milão seguem bloqueadas.

Durante a ação, os assaltantes não efetuaram disparos e nem machucaram nenhum dos funcionários. Os bandidos apenas ativaram um extintor de incêndio para tentar distrair os agentes e conseguir tempo para fugir.

"Eles entraram pelo porão e estávamos em três dentro da agência. Quando percebi, eu gritei 'é um assalto' e um colega conseguiu escapar. Tivemos uma breve briga, mas os bandidos não se enfureceram comigo", disse o gerente da agência.

A polícia continua tentando encontrar os bandidos. O Ministério Público de Milão abriu uma investigação contra o roubo na Crédit Agricole.

Últimas