Internacional Biden se reunirá com Kim Jong-un apenas se for 'sincero'

Biden se reunirá com Kim Jong-un apenas se for 'sincero'

Presidente norte-americano segue seu giro pela Ásia e, no domingo (22), vai ao Japão

AFP
Presidente Yook Suk-yeol, da Coreia do Sul, e o presidente Joe Biden, dos EUA, se reúnem para almoço no National Museum of Korea, neste sábado (21)

Presidente Yook Suk-yeol, da Coreia do Sul, e o presidente Joe Biden, dos EUA, se reúnem para almoço no National Museum of Korea, neste sábado (21)

Lee Jin-man/POOL/AFP - 21.05.2022

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse neste sábado (21), em Seul, que aceitará uma possível reunião com o líder norte-coreano, Kim Jong-un, apenas se ele for "sincero". 

Qualquer reunião "vai depender de se ele é sincero ou não", afirmou Biden, durante uma entrevista coletiva conjunta em Seul, com seu homólogo sul-coreano, Yoon Suek-yeol.

Biden chegou à Coreia do Sul nesta sexta-feira (20) em sua primeira viagem à Ásia como presidente dos Estados Unidos. Nesta visita, o presidente norte-americano pretende fortalecer a ligação dos EUA com seus aliados na região. Biden se reune com Yoon Suk-yeol, presidente sul-coreano. No domingo (22), o presidente americano segue para o Japão.

Kim Jong-un, da Coreia do Norte, pode fazer um lançamento-teste de míssil nuclear durante a passagem de Biden pela região.

Últimas