Internacional Bombeiros salvam objetos religiosos do incêndio em Notre-Dame

Bombeiros salvam objetos religiosos do incêndio em Notre-Dame

Cruz de espinhos, pedaço da cruz de Cristo e pedra da colina do Santo Sepulcro estão entre os tesouros que foram retirados das chamas

Bombeiros salvam objetos religiosos do incêndio em Notre-Dame

Objetos sagrados foram retirados em segurança do incêndio

Objetos sagrados foram retirados em segurança do incêndio

Philippe Wojazer / Reuters / 15.4.2019

O incêndio que destruiu a Catedral de Notre-Dame, em Paris, na noite desta segunda-feira (15) não deixou vítimas e os bombeiros conseguiram salvar todo o acervo de objetos religiosos que se encontravam no templo no momento em que as chamas começaram.

Entre os mais importantes está a coroa de espinhos que teria sido colocada na cabeça de Jesus Cristo por Pôncio Pilatos no dia da crucificação. A relíquia estava na catedral desde 1801, quando foi devolvida à igreja depois da Revolução Francesa.

Outras relíquias resgatadas do incêndio incluem um pedaço de madeira que faria parte da cruz de Cristo e uma pedra que teria sido retirada da colina do Santo Sepulcro, onde Jesus foi crucificado.

Por coincidência, 16 estátuas que enfeitavam a parte superior da catedral foram retiradas quatro dias antes, por causa de uma reforma que acontecia no local. As estátuas representam os 12 apóstolos e quatro evangelistas.

Entre as obras de arte que se perderam no incêndio estão os vitrais da catedral — que durante a Segunda Guerra Mundial foram retirados e guardados em local seguro antes da invasão nazista a Paris — e a chamada "floresta", a imensa quantidade de madeira usada nas vigas que sustentavam a estrutura da catedral.

Veja abaixo mais imagens da tragédia: