Internacional Buscas por vítimas em prédio que desabou nos EUA são suspensas

Buscas por vítimas em prédio que desabou nos EUA são suspensas

Estrutura que ainda está de pé apresentou instabilidade e engenheiros foram chamados para avaliar situação

  • Internacional | Da EFE

Parte do prédio que está instável e buscas por vítimas foram suspensas

Parte do prédio que está instável e buscas por vítimas foram suspensas

EFE/EPA/CRISTOBAL HERRERA-ULASHKEVICH

Os trabalhos de resgate de vítimas do desabamento parcial de um prédio em Surfside, na região de Miami, teve que ser interrompida na manhã desta quinta-feira (1º) devido a "movimentos" na parte que ainda está de pé, segundo informaram as autoridades.

A prefeita de Miami-Dade, Daniella Levine Cava, e o chefe dos bombeiros do condado, Alan Cominsky, confirmaram que as operações serão retomadas quando os engenheiros estruturais determinarem o que pode ser feito.

Os movimentos que indicam instabilidade no prédio foram registrados por volta das 2h (horário local, 3h em Brasília), de acordo com Cominsky.

Sobe para 18 número de mortes em desabamento de edifício nos EUA

Esses movimentos, somados ao deslocamento de destroços, geraram temores sobre possíveis "deslizamentos de terra adicionais" que poderiam colocar os trabalhadores em risco, destacou o chefe dos bombeiros.

Na coletiva de imprensa, as autoridades não relataram ter encontrado novos corpos, deixando o saldo da tragédia em 18 mortes e 145 desaparecidos até agora.

Por sua parte, o governador da Flórida, Ron DeSantis, também presente na coletiva, disse que já estão sendo preparados planos de contingência para fazer frente à possível ameaça da tempestade tropical Elsa, que chegará ao sul da Flórida na segunda-feira, segundo algumas previsões.

Tanto DeSantis quanto Daniella Levine Cava devem se encontrar com o presidente dos EUA, Joe Biden, que chegou hoje de manhã a Miami e também se reunirá com os líderes das equipes de resgate e com os sobreviventes e familiares das vítimas.

Últimas