Reino Unido

Internacional Camilla, duquesa da Cornualha, testa positivo para a Covid-19

Camilla, duquesa da Cornualha, testa positivo para a Covid-19

Infecção ocorre poucos dias após príncipe Charles contrair o vírus; rainha Elizabeth 2ª não apresentou sintomas associados à doença

  • Internacional | Do R7

Duquesa da Cornualha e príncipe Charles são vistos após cerimônia em Cardiff, País de Gales

Duquesa da Cornualha e príncipe Charles são vistos após cerimônia em Cardiff, País de Gales

Jacob King/AFP - 14.10.2021

A duquesa da Cornualha, Camilla, testou positivo para a Covid-19 nesta segunda-feira (14), em Londres.

Camilla, de 74 anos, contraiu o coronavírus poucos dias depois que seu marido, príncipe Charles, o herdeiro do trono britânico, testou positivo.

"Sua Alteza Real, a Duquesa da Cornualha, testou positivo para a Covid-19 e isolou-se. Seguimos com as orientações do governo", disse a fonte oficial em comunicado.

A duquesa, que já recebeu as três doses da vacina contra a Covid, segundo fontes oficiais, cumpriu vários compromissos de trabalho na última quinta-feira (10), mesmo dia em que o marido testou positivo para o coronavírus. Também nesse dia, a duquesa havia indicado que "felizmente" ela havia testado negativo.

Os testes positivos do príncipe Charles e de sua esposa levantaram preocupação com o estado de saúde da rainha Elizabeth 2ª, de 95 anos, com quem estiveram em contato direto apenas dois dias antes de Charles testar positivo.

Um porta-voz do Palácio de Buckingham — residência oficial da monarca em Londres — disse na quinta-feira que ela não apresentou nenhum sintoma associado à doença, embora tenha se recusado a confirmar se a soberana havia testado positivo ou negativo, aludindo a questões de privacidade médica.

Veja momentos marcantes dos 70 anos de reinado de Elizabeth 2ª

Últimas