Internacional Chefe da inteligência da Ucrânia diz que Putin sofreu atentado recentemente

Chefe da inteligência da Ucrânia diz que Putin sofreu atentado recentemente

Em entrevista ao portal ucraniano Pravda, Kyrylo Budanov afirma que o incidente foi abafado e não chegou ao conhecimento público

  • Internacional | Do R7

Resumindo a Notícia

  • Segundo Kyrylo Budanov, incidente aconteceu há cerca de dois meses
  • Atentado teria sido cometido por representantes da região do Cáucaso
  • Informação de ataque teria sido abafada pelas autoridades russas
  • Incidente coincide com o início da guerra na Ucrânia
Vladimir Putin escapou de atentado há cerca de dois meses, sem ferimentos

Vladimir Putin escapou de atentado há cerca de dois meses, sem ferimentos

Alexander Nemenov/Pool/AFP - 16.05.2022

O chefe da inteligência da Ucrânia, Kyrylo Budanov, afirmou em entrevista ao portal Ukrainska Pravda que o presidente da Rússia, Vladimir Putin, sofreu uma tentativa de assassinato há pouco mais de dois meses.

Segundo Budanov, homens da região do Cáucaso tentaram realizar um atentado contra Putin, mas não obtiveram sucesso. O caso não veio a público – foi abafado por autoridades russas.

“Houve uma tentativa de assassinar Putin. Ele foi atacado, pelo que foi dito, por representantes do Cáucaso, não muito tempo atrás. Essa não é uma informação pública. [Foi uma] tentativa absolutamente malsucedida, mas realmente aconteceu [...] dois meses atrás”, declarou Budanov.

A região do Cáucaso, composta de Armênia, Azerbaijão, Geórgia, Irã, Turquia e Rússia, foi lar de conflitos durante toda a história. A influência de Moscou na área incomoda parte da população georgiana, por exemplo, que perdeu regiões após uma operação militar russa.

Segundo o portal Ukrainska Pravda, a entrevista completa com Budanov será publicada em breve no site.

Últimas