Internacional Cheque de Steve Jobs com valor de R$ 46 vai a leilão e pode chegar a mais de R$ 126 mil nos EUA

Cheque de Steve Jobs com valor de R$ 46 vai a leilão e pode chegar a mais de R$ 126 mil nos EUA

Fundador da Apple emitiu o documento em 1976 e endereçou à empresa que constrói equipamentos de protocolo de teste

Resumindo a Notícia

  • Documento foi assinado por Steve Jobs em 1976, o mesmo ano em que a Apple foi fundada
  • Item está entre trio de peças raras da história da Apple, que será leiloado em 23 de junho
  • Cheque é descrito em “muito bom estado”, aumentando a estimativa de preço da relíquia
  • Os outros itens são uma edição da revista Time de fevereiro de 1982 e um computador Apple-1
Cheque com a assinatura de Steve Jobs está sendo leiloado por mais de R$ 126 mil

Cheque com a assinatura de Steve Jobs está sendo leiloado por mais de R$ 126 mil

Reprodução site/RR Auction

Uma folha de cheque emitida com o valor de apenas US$ 9,18 — o equivalente a R$ 46,40 — pode ser vendida por mais de US$ 25 mil (aproximadamente R$ 126 mil).

O motivo de desembolsar tanto dinheiro pelo papel é o documento ter sido assinado pelo fundador da Apple, Steve Jobs, em 23 de julho de 1976 — mesmo ano em que a empresa de tecnologia foi fundada.

O item faz parte de um trio de peças raras da história da Apple, que será leiloado em 23 de junho, por meio da empresa RR Auction.

O endereço está escrito no cheque como “770 Welch Rd., Ste. 154, Palo Alto”, correspondente ao local que Jobs e o outro fundador da Apple, Steve Wozniak, designaram para atendimento e entrega de correspondências enquanto ainda operavam na garagem da família de Jobs, detalha o leiloeiro ao portal americano Design Taxi. 

O cabeçalho do documento diz “Apple Computer Company” e está endereçado à Tektronix Inc., que constrói equipamentos de protocolo de teste e medição. Segundo a casa de leilões, a dupla poderia ter feito um pagamento por alguns desses aparelhos para testar o Apple Computer I. 

Em relação à conservação, o cheque é descrito em “muito bom estado”, o que aumenta sua estimativa de mais de R$ 126 mil. Até o momento, o preço do item está em, aproximadamente, US$ 16 mil (quase R$ 80 mil), mas ainda falta uma semana para o fechamento da venda.

Os outros dois itens ​​que estão no leilão são uma edição da revista Time de fevereiro de 1982, com Jobs na capa e assinada por ele, e um computador Apple-1 em funcionamento, numerado à mão pelo cofundador da Apple.

As peças estão prontas para serem vendidas por mais de US$ 25 mil (quase R$ 126 mil) e cerca de US$ 450 mil (quase R$ 2,3 milhões), respectivamente.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Raphael Hakime

Últimas