Internacional Cobra de 1,60m surge em vaso sanitário e ataca homem na Áustria

Cobra de 1,60m surge em vaso sanitário e ataca homem na Áustria

Serpente da espécie píton era criado pelo vizinho da vítima, que deve responder por lesões e por negligência

  • Internacional | Da EFE

Animal foi identificado como pertencente à espécie píton

Animal foi identificado como pertencente à espécie píton

Freepik

Uma serpente de 1,60m da espécie píton provavelmente rastejou por meio dos canos e atacou nesta segunda-feira (5) os órgãos genitais de um morador da cidade austríaca de Graz, que no momento estava sentado no vaso sanitário, informou a imprensa local.

O homem de 65 anos estava no banheiro quando sentiu uma "picada" na virilha, de acordo com seu relato à polícia.

Embora não tenha ficado gravemente ferido, a vítima do inusitado ataque foi examinada em um hospital para descartar possíveis infecções.

O réptil foi identificado como uma cobra albina reticulada, uma espécie não venenosa, que pertence ao vizinho da vítima, de 24 anos.

O rapaz, que garantiu não entender como o animal conseguiu escapar do terrário onde o mantinha, foi acusado de um crime de lesões por negligência e aguarda uma decisão da Justiça para recuperar a cobra.

O jovem tem outras dez cobras não venenosas e um lagarto, e acredita-se que a píton tenha chegado à casa do vizinho pelos canos, segundo informou a agência de notícias APA.

Após o ataque, a serpente foi retirada do banheiro por um especialista em répteis.

"Não foi uma tarefa fácil. A píton tinha todos os músculos tensos e estava presa no tubo", explicou o especialista ao jornal austríaco Kronen Zeitung.

Últimas