Convocação para 2º turno é a a melhor opção para a Bolívia, diz OEA

Apuração oficial de eleições no país se aproxima de 97% dos votos nesta quarta-feira. Evo Morales está a poucos décimos de obter vitória

Carlos Mesa e Evo Morales, opositores em eleições na Bolívia

Carlos Mesa e Evo Morales, opositores em eleições na Bolívia

Fotos REUTERS/Montagem R7

O diretor da missão de observação eleitoral da OEA (Organização dos Estados Americanos), Gerardo de Icaza, opinou nesta quarta-feira (12) que a "melhor opção" para a Bolívia é a convocação de um segundo turno, mesmo que o atual presidente boliviano, Evo Morales, alcance a margem necessária para ser reeleito no primeiro turno.

"Concluída a apuração, caso a diferença seja superior a 10%, estatisticamente é razoável dizer que será por uma porcentagem ínfima. Devido ao contexto e aos problemas evidenciados neste processo eleitoral, continuaria sendo uma melhor opção convocar um segundo turno", declarou Icaza durante uma reunião da OEA.

A apuração oficial das eleições na Bolívia se aproxima de 97% dos votos nesta quarta-feira. Morales está a poucos décimos de obter a vitória no primeiro turno, em uma contagem que a oposição, capitaneada pelo candidato Carlos Mesa, considera fraudulenta.